Representantes da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) reúnem-se segunda-feira com militares ucranianos para impulsionar o cumprimento dos acordos de paz para a Ucrânia, anunciou hoje o gabinete de imprensa da entidade separatista pró-russa.

“As partes tentarão chegar a acordo sobre o cumprimento dos acordos de Minsk, encontrar pontos de convergência e assumir uma posição consensual”, diz um comunicado emitido pelo gabinete. A reunião está prevista para o meio-dia local (09:00) e decorrerá na “Casa de Governo” da cidade de Donetsk, a praça forte dos separatistas pró russos. Para quarta-feira está marcada uma reunião idêntica com representantes da autoproclamada República Popular de Lugansk, a outra entidade separatista que surgiu na Ucrânia.

Na quinta-feira foi feita uma troca de prisioneiros, no âmbito da trégua acordada a 9 de dezembro com vista à negociação de uma solução pacífica para o conflito, que já causou cerca de 5.000 mortos e o êxodo de centenas de milhares de refugiados. Continuam por cumprir vários pontos do Memorando de Minsk, assinado a 19 de setembro, nomeadamente a retirada de armamento pesado, a criação de una zona de segurança de trinta quilómetros de profundidade e a abertura de corredores para cargas humanitárias.