A fotógrafa chama-se Beth Moon. O livro intitula-se “Ancient Trees: Portraits of Time”. De que se trata? Durante 14 anos, Moon viajou pelo mundo em busca das árvores mais antigas da Terra, praticamente poupadas a qualquer intervenção de origem humana. No livro, publicado pela Abbeville Press, a fotógrafa explica que o projeto a levou a lugares remotos localizados nos Estados Unidos, Europa, Ásia, Médio Oriente e África. Mas, antes de viajar, já tinha definido critérios.

Idade, dimensão e história foram decisivas para Beth Moon decidir que árvores incluir, numa obra em que a autora afirma ter tentando cumprir o objetivo de celebrar “as maravilhas da natureza que conseguiram sobreviver ao longo de séculos”. A fotógrafa acrescenta: “não consigo imaginar uma forma melhor de festejar as vidas das árvores mais impressionantes, muitas delas em risco de extinção, do que mostrar os seus retratos”.