As principais bolsas europeias estavam esta terça-feira em alta, com os investidores confiantes numa solução negociada para a Grécia.

Cerca das 09h10 de hoje em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava a subir 1,24% para 3.411,86 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam em alta, a avançar 1,17%, 1,41% e 1,97%, respetivamente. No mesmo sentido, Madrid e Milão estavam a ganhar 1,52% e 1,35%.

Depois de ter aberto em alta, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência, com o principal indicador, PSI20, cerca das 9:10 a subir 1,5% para 5.291,30 pontos.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em alta na segunda-feira, com o Dow Jones a subir 1,14% para 17.361,04 pontos, depois de ter valorizado a 26 de dezembro até aos 18.053,71 pontos, o atual máximo de sempre desde que foi criado há 128 anos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ao nível cambial, o euro abriu esta terça-feira em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1340 dólares, contra 1,1344 dólares no fecho de segunda-feira.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou na segunda-feira o câmbio de referência da divisa europeia em 1,1310 dólares.

A Grécia continua procurar apoios, que permitam reestruturar a dívida e eliminar a ‘troika’ – BCE, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Comissão Europeia – como interlocutora e hoje o primeiro-ministro grego, Âlexis Tsipras, reúne-se em Roma com o homólogo italiano, Matteo Renzi.

Conhecidos os dados do desemprego em Espanha, as principais referências macroeconómicas de hoje vão ser os índices de preços da indústria da União Europeia e da zona euro em dezembro, que serão publicados pelo Eurostat, e as encomendas à indústria em dezembro nos Estados Unidos.

Entretanto, os mercados continuam atentos à debilidade do euro e à evolução do preço do petróleo, que aparentemente parece ter estabilizado.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu em alta, a cotar-se a 55,32 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 1,0% do que no encerramento da sessão anterior.