Na Noruega, foi proposta uma nova lei que pretende tornar ilegal ajudar pedintes na rua, refere o jornal Daily Mail. Se a proposta for aprovada, aqueles que oferecerem dinheiro, comida ou abrigo a um mendigo podem ser condenados até um ano de prisão.

Em 2014, o Governo norueguês deu aos concelhos locais a possibilidade de poderem banir a mendicidade das ruas. Agora, o Governo quer estender a lei a todo o território, tornando ilegal não só pedir dinheiro nas ruas, mas também ajudar aqueles que pedem.

Para o ministro da Justiça da Noruega, Vidar Brein-Karlsen, mais do proibir a mendicidade, a nova lei pretende banir as redes organizadas de pedintes, que trabalham como grupos de crime organizado. “Queremos dar à polícia autoridade legal para perseguir as pessoas que arranjam forma de os pedintes cá chegarem, geralmente em grupos grandes”, disse ao Daily Mail.

A proposta do Governo de centro-direita tem sido alvo de forte críticas por parte da oposição socialista. Karin Andersen, membro do partido socialista norueguês, acusou o governo de “criminalizar a pobreza”. No Twitter, escreveu em norueguês que “o país mais rico da Europa criminaliza as pessoas mais pobres da Europa”. Na mesma rede social, mas numa outra mensagem, afirmou que esta lei amordaça as pessoas pobres e que as impede de pedir ajuda.