Depois de fechar a compra da PT Portugal, a Altice está a analisar uma oferta sobre a Bouygues Telecom. Segundo avança a Bloomberg, o grupo detido pelo milionário Patrick Drahi, está a avaliar os obstáculos financeiros e regulatórios a uma eventual aquisição da terceira maior operadora móvel francesa. Os contornos de um possível negócio estarão ser discutidos ainda a título informal por consultores das duas empresas, adianta a agência noticiosa.

A Altice estará convencida de que a oferta é viável e que poderia passar junto das autoridades francesas. O grupo que comprou a PT Portugal ainda não decidiu se avança para a Bouygues Telecom, mas as ações desta operadora francesa dispararam esta segunda-feira na bolsa de Paris para o preço mais alto desde junho de 2010.

A Altice, que em Portugal detém a Cabovisão e a Oni, adquiriu no ano passado a operadora móvel francesa SFR. A combinação entre a SFR e a Bouygues Telecom permitiria criar um novo líder francês das telecomunicações com mais de 30 milhões de clientes, que ultrapassaria a Orange. A concentração iria reduzir o número de concorrentes no mercado móvel de quatro para três. Este movimento está a acontecer em vários países europeus, entre os quais a Alemanha e Portugal, na sequência da fusão entre a Zon e a Optimus. Para além do efeito na concorrência, uma fusão poderia ter ainda impacto a nível da redução de postos de trabalho.

A Bouygues, um grupo diversificado com forte presença na construção, tem recebido manifestações de interesse regulares pela sua empresa de telecomunicações nos últimos meses, num contexto em que as operadoras estão à procura de oportunidades de consolidação, adiantou um porta-voz citado pela Bloomberg que, no entanto, realça: não há negociações em cursos. Acrescenta ainda que o grupo tem os recursos necessários para crescer de forma independente no setor.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A compra da Bouygues Telecom chegou a ser negociada com o empresário Xavier Niel, dono da Iliad, no ano passado, mas a operação não terá chegado a bom porto devido ao preço pedido pela Bouygues de oito mil milhões de euros. A Altice fechou a compra da PT Portugal por 7400 milhões de euros, tendo obtido em mercado o financiamento necessário à operação, que ainda tem de receber a luz verde dos reguladores. Caso se confirme uma proposta pela Bouygues, esta seria a terceira grande aquisição de Drahi em apenas um ano.