Ainda não é o regresso da troika, mas de uma das suas instituições. Os técnicos do FMI estão já em Lisboa para fazer a avaliação regular, obrigatória a cada ano até ao início do programa de assistência. A visita realiza-se ao abrigo do capítulo IV, que obriga a avaliações regulares a cada país membro do Fundo. O Ministério das Finanças confirma: “Esta a decorrer uma missao no ambito do Artigo IV, que é um procedimento habitual do FMI.”

Subir Lall, o responsável por Portugal no FMI nos últimos meses do programa, chefia a equipa técnica.

A visita da troika, que agora se faz a cada seis meses, está também para breve – podendo acontecer até abril, quando o Governo tem de entregar em Bruxelas o seu programa de estabilidade, que traça o cenário macroeconómico para os próximos anos.