O Benfica foi eliminado, esta terça-feira, pelo Shakhtar Donetsk nas grandes penalidades (4-5) e disse adeus à UEFA Youth League. A partida dos quartos-de-final, no Seixal, ficou marcada por uma grande penalidade no mínimo caricata.

O jovem avançado da equipa das águias, Romário Baldé, falhou na conversão de uma grande penalidade ao estilo de “Panenka”, logo ao início da segunda parte. O jogador do Benfica chutou a bola com pouca força, permitindo assim ao guarda-redes dos ucranianos recuperar a posição central e agarrar o esférico, depois de se ter atirado para o lado esquerdo da baliza.

A equipa de João Tralhão estava a dominar a partida e vencia por 1-0 ao intervalo mas o Shakhtar deu a volta na segunda parte e depois do falhanço encarnado acabou por chegar ao empate, aos 64 minutos. E nas grandes penalidades levou a melhor, vencendo por 4-5, e carimbando a passagem para as meias-finais.

 

https://www.youtube.com/watch?v=-V2Smm5R4PU