Barry Ryan, o herdeiro das gigantes de retalho Primark e Penney’s, morreu afogado esta terça-feira por volta das 18h30, depois de ter tentado salvar o filho, Barry Davis Ryan, e a sua namorada, Niamh O’Connor, que entraram nas águas da costa oeste da região irlandesa Cork, escreve o Independent. O acidente acabou por provocar a morte dos três.

image(3)

A sequência do desastre é arrepiante.

Primeiro foi a namorada de Barry Davis Ryan, de 21 anos, que foi varrida por uma onda quando se encontrava nuns rochedos junto à costa. Sem hesitar, o jovem mergulhou na água para a tentar salvar, mas acabou por também ele ficar em dificuldades. Foi então que o herdeiro da Primark, de 51 anos, também saltou para a água numa tentativa desesperada de os resgatar. Sem sucesso. Nenhum deles conseguir vencer as ondas e as correntes.

A filha de 14 anos de Barry, Charlotte, que assistiu a tudo, ainda terá corrido para pedir auxílio mas, apesar da resposta rápida, não foi possível salvar o pai, o irmão e a sua namorada. Os corpos de Barry Ryan e de Niamh foram retirados sem vida da água. O corpo de Barry Davis Ryan ainda não foi encontrado.

As buscas pelo corpo de Barry Davis Ryan retomam na manhã desta sexta-feira, tendo sido interrompidas pelo agravamento das condições atmosféricas na costa este de Cork. Mergulhadores da marinha, guardas costais e alguns voluntários participam na procura, com meios terrestres e aéreos.

O funeral de Niamh O’Connor terá lugar este sábado na região irlandesa de Glounthaune.