O escritor Mário Cláudio venceu o Grande Prémio de Romance e Novela com a obra “Retrado de rapaz”, anunciou a Associação Portuguesa de Escritores.

Mário Cláudio volta a ser distinguido com este galardão literário, dotado de 15.000 euros, trinta anos depois de ter sido premiado com “Amadeo”.

Nesta edição, eram finalistas as obras “Os memoráveis”, de Lídia Jorge, “Cláudio e Constantino”, de Luísa Costa Gomes, “Retrato de rapaz”, de Mário Cláudio, “No céu não há limões”, de Sandro William Junqueira, e “Impunidade”, de H.G. Cancela.