Vinho

Esqueça o Rosé, a nova moda é vinho laranja

2.194

Se gosta da textura acentuada do vinho tinto e da frescura do vinho branco, chegou o vinho laranja: o melhor dos dois mundos que já está a fazer sucesso este verão.

samuellight/ Instagram

Tem textura como o vinho tinto e é refrescante como o vinho branco. O vinho cor de laranja – também conhecido como o anti-rosé –, junta o melhor dos dois mundos… e é a nova moda deste verão.

A tonalidade pode variar de um alaranjado mais suave até a um tom de cobre profundo, mas o sabor nada tem a ver com laranjas: o aroma é semelhante ao das nectarinas (como os pêssegos ou alperces). É feito com as mesmas uvas usadas na produção de vinho branco, mas com uma diferença substancial: no vinho branco as cascas são removidas durante o processo de fermentação, e no vinho laranja estas são mantidas. O resultado? Um vinho com uma textura pronunciada, mas suave e refrescante – ideal para uma tarde de calor depois da praia.

Os vinhos laranja são também conhecidos como vinhos “de contacto” – já que a pele das uvas entra em contacto com as bagas, durante a produção. Mas há também quem os trate por “anti-rosé”, isto, porque a sua produção é “inversa” à destes vinhos. No rosé são utilizadas uvas vermelhas e as cascas são removidas logo no inicio da produção; e no vinho laranja são usadas uvas brancas com pele, que conferem à bebida uma textura mais densa.

pick a color, any color

A photo posted by the four horsemen (@fourhorsemenbk) on

wine can be orange too!

A photo posted by Samuel Light (@samuellight) on

A sua popularidade tem vindo a crescer, sobretudo entre os amantes de vinho mais aventureiros. “Tem sido uma loucura”, afirma Justin Cherano, consultor do novo bar de vinhos de Brooklyn, Four Horsemen, em Nova Iorque. “Nós não somos certamente ‘um bar de vinho laranja’, mas é impressionante quando se entra ver quantas pessoas escolheram este vinho para beber”, conta segundo a Quartz.

Ao inicio, começou por introduzir na ementa poucos vinhos deste tipo, mas desde a abertura (recente) do bar, já introduziu mais de 30 vinhos laranja diferentes, vindos de todo o mundo: Sicília, Eslovénia, Áustria, Croácia e Geórgia. “Diria que estamos a [vender] cerca de um vinho laranja por cada rosé”, afirmou, “estou completamente chocado”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Demografia

Envelhecimento e crescimento económico /premium

Manuel Villaverde Cabral

Nada é mais importante para países como Portugal do que o imparável envelhecimento da população e as suas consequências a todos os níveis da sociedade, da saúde ao potencial de crescimento económico.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)