Rádio Observador

Alimentação

Quanto vai ter de andar para queimar o que comeu hoje

1.268

Para perder as calorias de seis bolachas integrais, é preciso passar 1 hora e 45 minutos a andar. Para um menu com hambúrguer é preciso uma tarde inteira - 5 horas. Quer saber mais?

Scott Barbour/Getty Images

Autor
  • Catarina Marques Rodrigues

Cinco minutos para devorar um bolo, muitos mais para perder as calorias da guloseima. A equação nunca é justa para quem é bom de garfo, é certo. Mas quisemos perceber quão injusta é. Pedimos a duas nutricionistas para nos indicarem o tempo de exercício físico que é preciso despender (caminhar, correr e andar de bicicleta) para queimar as calorias de determinado produto.

Vamos pensar num indivíduo saudável com um peso de 70 kg. Segundo as indicações da nutricionista Paula Martins, por 10 minutos de exercício, caminhar em ritmo lento gasta 29 calorias, em ritmo moderado sobe para 41 calorias e em ritmo acelerado chega às 47 calorias. Se se fizer uma combinação de caminhar/correr, gasta 70 calorias por cada 10 minutos. No que diz respeito à corrida lenta, 10 minutos dão para perder 82 calorias; em ritmo moderado são 93 calorias e em ritmo acelerado chega às 117 calorias. Se andar de bicicleta em lazer, perde 47 calorias por 10 minutos, se for em ritmo lento perde 70 calorias e se for em ritmo moderado perde 93 calorias.

A nutricionista Iara Rodrigues fez as contas para uma pessoa na casa dos 30 anos, com um peso médio saudável. Atenção que estes valores podem variar de pessoa para pessoa, mas estes são os números aproximados.

Para dois quadrados de chocolate preto (30g – aprox. 185Kcal)

  • 35 minutos de caminhada firme / marcha
  •  17 minutos de bicicleta
  •  13 minutos de corrida

Um croissant (aprox. 285 Kcal)

  • 50 minutos de caminhada firme / marcha
  • 24 minutos de bicicleta
  • 20 minutos de corrida

Uma fatia de bolo de chocolate (50g – aprox. 310Kcal)

  • 60 minutos de caminhada firme / marcha
  • 29 minutos de bicicleta
  • 25 minutos de corrida

Seis bolachas integrais ou digestivas (aprox. 400Kcal)

  • 1 hora e 45min. de caminhada firme / marcha
  • 55 minutos de bicicleta
  • 50 min. de corrida

Uma fatia de pizza Margherita (aprox. 350 Kcal)

  • 1 hora e 25minutos de caminhada firme / marcha
  •  43 minutos de bicicleta
  • 37 minutos de corrida

Um pacote pequeno de batatas fritas (100g – aprox. 526Kcal)

  • 2 horas e ½ de caminhada firme / marcha
  • 1 hora e 10 minutos de bicicleta
  • 1 hora de corrida

Um Hambúrguer (aprox. 550 Kcal)

  • 2 horas e ½ de caminhada firme / marcha
  • 1 hora e 15 minutos de bicicleta
  • 1 hora e 5 minutos de corrida

Um Menu (hambúrguer, batatas fritas e uma lata de refrigerante) – (aprox. 1200Kcal)

  • 5 horas de caminhada firme / marcha
  • 2 horas e 30 minutos de bicicleta
  • 2 horas e 10 minutos de corrida

Paula Martins sublinha que, quando se fala de exercício para controlo ou perda de peso, é preciso ver se o indivíduo já pratica algum tipo de exercício, “porque quem é sedentário deve começar por uma duração mais baixa, de acordo com a sua condição física”, e depois aumentar progressivamente. A especialista sugere ainda que, quem não possa fazer exercício no ginásio, recorra a um pedómetro. “É colocar antes de sair de casa e tirar ao fim do dia. Começar por fazer 7500 passos por dia e chegar aos 10 mil passos por dia”, aponta.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)