É conhecido como o “pesadelo” do Estado Islâmico (EI ou ISIS). Abu Azrael, cujo nome significa “o pai do anjo da morte” é o novo heroi xiita da luta contra o Estado Islâmico que promete “destruir” todos os jihadistas do grupo terrorista. A sua popularidade cresceu após ter sido partilhado na Internet um vídeo onde cortava o cadáver de um soldado sunita com uma espada “como se fosse shawarma” (uma comida composta por carne de vaca ou frango grelhadas num espeto vertical acompanhada de legumes e servida em pão sírio). O vídeo foi filmado em Baiji, no Iraque, onde milícias xiitas combatem os jihadistas.

Abu Azrael, de 37 anos, alcançou o estrelato em março, durante a batalha de Tikrit, que celebrou uma das primeiras vitórias dos xiitas contra o Estado Islâmico. Em 2014 revelou como testemunhou os massacres do EI na zona de Amerli, uma localidade xiita: “O ISIS massacra os nossos filhos com machados”. Numa entrevista à agência France Presse conta, segundo o El Confidencial: “Deus concedeu-me o meu sonho … finalmente apanhámo-los … de forma igual à que eles fizeram, destruímo-los”.

Depois do vídeo publicado recentemente se ter tornado viral, em retaliação, o EI publicou imagens de quatro prisioneiros a serem queimados vivos.