Portugal receberá 3.074 refugiados do Médio Oriente, 2,6% do total de 120 mil que a Comissão Europeia pretende distribuir pelos vários países da Europa. O espanhol El País teve acesso à versão mais recente dos planos de Bruxelas para a distribuição dos refugiados, concluindo que Alemanha, França e Espanha vão receber quase 60% das pessoas que, nesta fase, estão concentradas na Hungria, Grécia e Itália.

Vão ser apresentadas na quarta-feira novas medidas para solucionar a crise migratória que se acentuou nas últimas semanas. Bruxelas quer distribuir os refugiados pelos vários países e, para isso, criou um critério de distribuição que tem em conta fatores como a população, a dimensão da economia (PIB), esforços anteriores no acolhimento de refugiados, entre outros.

O governo português aceitou receber 1.500 refugiados, mas o número final, de acordo com estes planos, será superior ao dobro.

Veja, em baixo, a lista dos países e as respetivas quotas, citadas pelo El País.

País Número Percentagem
Alemanha 31.443 26,2%
França 24.031 20%
Espanha 14.931 12,4%
Polónia 9.287 7,7%
Holanda 7.214 6%
Roménia 4.646 3,9%
Bélgica 4.564 3,8%
Suécia 4.469 3,7%
Áustria 3.640 3%
Portugal 3.074 2,6%
República Checa 2.978 2,5%
Finlândia 2.398 2%
Eslováquia 1.502 1,3%
Croácia 1.064 0,9%

Fonte: El País