Restaurantes

Cuidado, estes ainda estão quentes: 50 novos (e bons) restaurantes de Lisboa

3.349

Ao ritmo a que abrem restaurantes em Lisboa é fácil perder o fio à meada. Impõe-se, por isso, um resumo/balanço anual em formato de lista: eis os 50 melhores a abrir portas em 2015. Bom apetite.

Autor
  • Tiago Pais

De Autor

Cave 23
O bonito restaurante do hotel Torel Palace abriu muito recentemente ao público, com uma jovem e prometedora chef, Ana Moura, aos comandos da cozinha.
Torel Palace, Rua Câmara Pestana, 23 (Campo Mártires da Pátria). 21 829 8071 / 934 040003. cave23.pt. Preço médio: 35€/pessoa

Alma
O regresso do chef Henrique Sá Pessoa à alta cozinha dá-se em pleno Chiado, agora em tons menos claros mas com a criatividade e a qualidade de sempre.
Rua Anchieta, 15 (Chiado). 21 347 0650. www.almalisboa.pt. Preço médio: 75€/pessoa

Lisboeta
Na nova Pousada de Lisboa, no Terreiro do Paço, a cozinha está entregue ao chef Tiago Bonito, que tem no currículo passagens pelo Alinea (em Chicago) e D.O.M (São Paulo), dois dos melhores restaurantes do mundo.
Pousada de Lisboa, Praça do Comércio, 31-34 (Baixa). 21 040 7641. Preço médio: 35€/pessoa

Rio Maravilha
A este gastro-bar chamam-lhe a nova sala de convívio da LX Factory. Mas é bem mais que isso, graças à cozinha sempre criativa de Diogo Noronha, bem conjugada com uma longa carta de cocktails de autor.
LX Factory, Rua Rodrigues de Faria, 103 (Alcântara). 96 602 8229. www.riomaravilha.pt. Preço médio: 30€/pessoa

Estória
O chef Vítor Areias passou pelo Noma, em Copenhaga, e pelo Mugaritz, em Bilbau, dois ícones da restauração contemporânea. No seu novo restaurante, na Cruz Quebrada, a cozinha não tem os malabarismos expectáveis desse percurso. É despretensiosa mas agradável, com o seu selo.
Rua Sacadura Cabral, 54 (Cruz Quebrada). 21 130 4406. estoriarestaurante.com. Preço médio: 25€/pessoa

LAB by Sergi Arola
Este verão, Sergi Arola reforçou a sua parceria com o resort Penha Longa, com a abertura do LAB, um restaurante com aspirações a estrelas Michelin e que importa a alta cozinha que o chef espanhol pratica no seu restaurante de Madrid.
Penha Longa Resort, Estrada da Lagoa Azul (Linhó), Sintra. 21 924 9052. www.penhalonga.com/en/Dining/LAB-by-Sergi-Arola. Preço médio: 100€/pessoa

Less by Miguel Castro e Silva (Gin Lovers Príncipe Real)
A Gin Lovers tomou conta do bar/restaurante da Embaixada, no Príncipe Real, e chamou Miguel Castro e Silva que levou consigo um conceito à base de tártaros, marinados e risottos.
Embaixada, Praça do Príncipe Real, 26. 21 347 1341 / 96 129 4681. facebook.com/ginstorefood. Preço médio: 20€/pessoa

Duplex
No início do ano, Nuno Bergonse abriu não um mas dois restaurantes no epicentro do Cais do Sodré. O Duplex, bar no piso de baixo, e restaurante no de cima, é onde dá largas à sua criatividade na cozinha, misturando (e bem) influências orientais, sul-americanas e europeias.
Rua Nova do Carvalho, 58-60 (Cais do Sodré). 91 516 2808. facebook.com/duplexrestaurante. Preço médio: 35€/pessoa

Tabik
Manel Lino é um jovem chef que merece atenção. No Tabik, inaugurado nos primeiros meses de 2015, confirma as boas sensações deixadas no efémero projeto Com.Horta, na Comporta.
Bessa Hotel, Avenida da Liberdade, 41 (Restauradores). 21 347 0549. www.tabikrestaurant.com. Preço médio: 35€/pessoa

Ânfora
No Palácio do Governador, em Belém, agora transformado em hotel de luxo, a cozinha está entregue a André Lança Cordeiro, chef que se iniciou na Taberna 2780 mas que depois seguiu carreira em diversos restaurantes parisienses com estrela Michelin.
Hotel NAU Palácio do Governador, Rua Bartolomeu Dias (Belém). 21 300 7009. Preço médio: 60€/pessoa

Chimera
Aqui a cozinha não é de autor mas sim de autores, no plural. O brasileiro Thomas Mancini, o português Hugo Ferreira e o norte-americano Adam Heller são os três responsáveis pelas criações atrevidas e descomplexadas deste Chimera.
Rua do Salitre, 131B (Avenida da Liberdade). 91 871 7050. chimera.kitchen. Preço médio: 25€/pessoa

Cozinha Portuguesa & Petiscos

Bel’Empada
Belmiro de Jesus saiu do Salsa & Coentros depois do verão para realizar um sonho antigo, abrir um restaurante só de empadas. E o seu segredo, tal como diz o anúncio das pizzas, também está na massa.
Avenida João XXI, 24B (Alvalade). 21 407 5172. facebook.com/BelEmpada. Preço médio: 20€/pessoa

Mesa do Bairro
Neste restaurante-garrafeira no antigo Mercado do Arco do Cego, a carta (que aposta em sabores típicos) tem consultoria de Luís Baena, no regresso do chef a Portugal, depois de uma temporada em Londres.
Mercado do Arco do Cego, Rua Reis Gomes (Campo Pequeno). 21 847 0268. facebook.com/mesadobairro. Preço médio: 20€/pessoa

Storik Tapas
Depois de vários anos a servir flammes (a versão alsaciana da pizza) Nuno Ferreira decidiu criar um novo Storik, desta feita dedicado às ‘tapas’. O vinho também tem destaque neste novo espaço, graças à parceria com o produtor João Portugal Ramos.
Rua do Alecrim, 30B (Chiado). 21 604 0375 / 96 619 8117. facebook.com/storiktapas. Preço médio: 20€/pessoa

Coelho da Rocha
Deste clássico de Campo de Ourique, reinaugurado em maio, só ficou mesmo o nome, por respeito à tradição. Tudo o resto é novo, a começar nos petiscos alentejanos que prosseguem a boa tradição da outra casa da nova gerência, O Magano.
Rua Coelho da Rocha, 104 (Campo de Ourique). 21 390 0855. facebook.com/restaurantecoelhodarocha. Preço médio: 30€/pessoa

A Fábrica de Santiago
O restaurante do novo hotel Santiago de Alfama funciona num palacete que acolheu, em tempos, uma fábrica de camisas. A cozinha do chef Carlos Robalo é portuguesa, mas moderna, com forte aposta nos petiscos para partilhar.
Hotel Santiago de Alfama, Rua de Santiago, 10-14 (Alfama). 21 394 1616. facebook.com/AFabricadoSantiago. Preço médio: 30€/pessoa

Taberna Sal Grosso
Escondida em Santa Apolónia, esta pequena taberna dos tempos modernos, inaugurada em março, faz jus ao nome, com comida bem apurada e temperada, a preços honestos.
Calçada do Forte, 22 (Santa Apolónia). 21 598 2212. facebook.com/tabernaSalGrosso. Preço médio: 20€/pessoa

Zé da Mouraria 2
Uma das tascas mais reputadas da cidade abriu este ano uma sucursal, só para jantares, junto ao Campo Mártires da Pátria. Ótimas notícias para os fãs da cozinha substancial de Virgílio Oliveira.
Rua Gomes Freire, 60-62 (Campo Mártires da Pátria). 21 608 4695. Preço médio: 20€/pessoa

Taberna dos Gordos
Ricardo e Tiago são dois amigos de estômago generoso que neste pequeno espaço do Príncipe Real tentam tornar todos os seus clientes um pouco mais parecidos consigo. Dos croquetes de morcela ao pudim Abade de Priscos, têm apresentado fortes argumentos para tal.
Rua Monte Olivete, 63 (Príncipe Real). 21 395 0103. facebook.com/tabernadosgordos. Preço médio: 20€/pessoa

Sophia La Loca
Abriu no início do ano e é dos mesmos donos da antiga Tasca do Sol, na Graça, partilhando os mesmo petiscos criativos, num ambiente descomprometido.
Rua do Grémio Lusitano, 20 (Bairro Alto). 91 073 6206. www.sophialaloca.pt. Preço médio: 20€/pessoa

Tasca do Mercado
Ocupa uma antiga loja do Mercado de Arroios, daí o nome, e tem a curiosidade de recuperar algumas receitas tradicionais da cidade, como o Bife à Marrare. Os produtos, claro, vêm das bancas do Mercado.
Mercado de Arroios, Rua Ângela Pinto (Arroios). 21 604 4578 / 96 000 0256. facebook.com/TascadoMercado. Preço médio: 15€/pessoa

Peixe & Marisco

Peixaria da Esquina
Vítor Sobral e sus muchachos deixaram cair a marisqueira do grupo, a Cervejaria da Esquina, substituindo-a por esta Peixaria da Esquina, um restaurante onde os peixes marinados e curados merecem toda a atenção.
Rua Correia Teles, 56 (Campo de Ourique). 91 294 6955 / 21 387 4644. www.peixariadaesquina.com. Preço médio: 30€/pessoa

Barbatana
Do grupo do clássico Porto de Santa Maria, com consultoria de Miguel Laffan, este Barbatana prova que um restaurante pode estar num centro comercial (Amoreiras, neste caso) e comportar-se como se estivesse à beira-mar: peixe fresco e bem tratado é coisa que não lhe falta.
Amoreiras Shopping Center, Avenida Fontes Pereira de Melo (Campolide), lojas 3019/3022/3023. 91 358 2639. facebook.com/Barbatana. Preço médio: 30€/pessoa

Ibo Marisqueira
Os responsáveis do Ibo, o luso-moçambicano do Cais do Sodré, decidiram, no início do ano, abrir esta marisqueira na mesma zona. Tem viveiros próprios, produto de qualidade e cerveja moçambicana (Laurentina) para ajudar a empurrar a comezaina.
Rua da Cintura do Porto de Lisboa, Armazém A, 22 (Cais do Sodré), Lisboa. 92 930 8068. www.ibo-restaurante.pt. Preço médio: 35€/pessoa

Pizza & Pasta

La Pasta Fresca
Giuseppe e Stefania mudaram-se para Lisboa com o intuito de abrir um restaurante italiano à séria. Fizeram-no em julho, com este La Pasta Fresca, que também é pastificio — uma fábrica de massas com forte vertente de take-away.
Avenida 5 de Outubro, 186 A (Lisboa). 21 796 0997. facebook.com/La-Pasta-Fresca. Preço médio: 15€/pessoa

Mercantina Chiado
Depois de uma muito bem sucedida experiência em Alvalade, os responsáveis da Mercantina abriram um segundo espaço, agora no Chiado. As pizzas napolitanas, com direito a distinção, são, também aqui, o ex-líbris da casa.
Rua da Misericórdia, 114 (Chiado) 1200-273 Lisboa. 91 724 3933. mercantina.pt. Preço médio: 20€/pessoa

Il Matriciano
Eis um restaurante tão tipicamente italiano que nenhum dos seus empregados arranha, sequer, o português. Mal-entendidos à parte, isso interessa pouco, já que a dificuldade de comunicação é compensada pela genuinidade dos produtos, do guanciale à mozzarella de Caserta.
Rua de São Bento, 107. 21 395 2639. facebook.com/ilmatriciano.ristoranteitaliano. Preço médio: 25€/pessoa

La Puttana
Paredes meias com o Duplex (ver acima), Nuno Bergonse abriu também esta pizzaria que conta com a experiência de Patrick Pretorius, responsável pela cozinha do lendário Mamma Gina, em Cascais, considerado, em tempos, um dos 100 melhores restaurantes italianos fora de Itália.
Rua Nova do Carvalho, 70 (Cais do Sodré). 91 516 2919. facebook.com/pizzarialaputtana. Preço médio: 15€/pessoa

Pizzeria Viavai
Outra das novidades do Mercado de Arroios, esta pizzaria Viavai, é de inspiração napolitana e conta com um imponente forno a lenha junto à montra.
Mercado de Arroios, Rua Ângela Pinto (Arroios). facebook.com/pizzeviavai. Preço médio: 12€/pessoa

Va Bene
O espaço não é bonito, longe disso, mas as pizzas são muito semelhantes às do Lucca e La Finestra, de onde veio grande parte da equipa que compõe este Va Bene, aberto há dois meses. E com uma grande vantagem: são bem mais baratas que nas ditas pizzarias.
Rua do Forno do Tijolo, 48A/B. 21 813 2648. https://www.facebook.com/Pizzaria-Va-Bene. Preço médio: 12€/pessoa

Do Oriente

Kanazawa
Tomoaki Kanazawa, ou Tomo, como é mais conhecido, abriu no mês passado este pequeníssimo restaurante onde, de forma muito restrita (serve apenas 8 almoços e 8 jantares por dia, com reserva obrigatória feita online com uma semana de antecedência) dá uma autêntica lição de alta gastronomia nipónica. Custa 150€ por pessoa mas não é uma refeição, é uma experiência.
Rua Damião de Góis, 3A (Algés). kanazawa.pt. Preço médio: 150€/pessoa

Tsubaki
O novo restaurante do Turim Saldanha Hotel tem consultoria de Paulo Morais, sushi para todos, sejam viciados ou principiantes e até um menu de degustação de sobremesas japonesas.
Turim Saldanha Hotel, Rua Latino Coelho, 23 (Saldanha). 21 049 2320. facebook.com/TsubakiLisboa. Preço médio: 30€/pessoa

The Old House
Aberto desde julho, este é, ao contrário de muitos outros, um restaurante chinês a sério. A comida é picante, o espaço é enorme e na cozinha pontifica um batalhão de cozinheiros chineses prontos a servir uma clientela exigente, composta, também ela, por muitos homens de negócios do país mais populoso do mundo.
Rua Pimenta, 9 (Parque das Nações). 21 896 9075. theoldhouseportugal.pt. Preço médio: 30€/pessoa

Yum Cha Garden
Os melhores dim sum da Linha chegaram em julho a Lisboa, com a abertura deste Yum Cha Garden, uma cópia fiel da casa-mãe de Oeiras transplantada para junto das Amoreiras.
Rua Dom João V, 31C (Amoreiras). 21 135 0006. Preço médio: 20€/pessoa

Tagus by Sushic
O mais famoso restaurante de sushi de Almada (Sushic) abriu, no início do ano, esta sucursal numa pequena unidade de turismo com uma vista ímpar para Lisboa. Para quem queira apimentar a experiência é possível ir e voltar de helicóptero a partir de Algés.
Quinta do Tagus, Costas de Cão (Monte de Caparica), Almada. 21 191 1965. www.facebook.com/tagusbysushic. Preço médio: 35€/pessoa

Yakuza First Floor
A última novidade de Olivier da Costa é este recentíssimo Yakuza First Floor, no espaço outrora ocupado pelo Rota das Sedas. Os sushimen de confiança do empresário continuam ligados ao projeto pelo que é de esperar excelente qualidade no sushi e derivados.
Rua da Escola Politécnica, 231 (Rato). 93 400 0913. facebook.com/Yakuza-First-Floor. Preço médio: 40€/pessoa

Go Juu
Aberto desde o início do ano, o Go Juu é um restaurante com uma vertente de clube privado mas que, durante boa parte da semana está aberto ao público em geral. E ainda bem: por aqui serve-se algum do melhor sushi que se pode comer em Lisboa.
Rua Marquês Sá da Bandeira, 46 (São Sebastião). 21 828 0704. facebook.com/GO-JUU. Preço médio: 30€/pessoa

De outras paragens

Hansi
Os responsáveis do café austríaco Kaffeehaus, no Chiado, pegaram num dos produtos de maior sucesso da casa, as salsichas, e decidiram abrir uma casa especializada na matéria, este Hansi, no Cais do Sodré.
Rua da Moeda, 1A (Cais do Sodré). 21 132 3185. www.hansi.pt. Preço médio: 15€/pessoa

Le Moustache Smokery
Foi o primeiro restaurante lisboeta e ser financiado, em parte, através de crowdfunding. Nele o chef Daniel Cardoso, ex-MasterChef, pratica uma cozinha à base de produtos fumados (daí o nome), onde até a cerveja leva esse tratamento.
Praça das Flores, 44 (Príncipe Real). 93 266 1572. facebook.com/lemoustachesmokery. Preço médio: 20€/pessoa

Bistrô 4
Os franceses chamam-lhe ‘bistronomie’, mas não é mais que ter chefs conceituados a fazer cozinha descontraída, que é, precisamente, o que acontece neste Bistrô 4, no hotel Porto Bay Liberdade, que tem consultoria do chef Benoît Sinthon, detentor de uma estrela Michelin no madeirense Il Gallo d’Oro.
Hotel Porto Bay Liberdade, Rua Rosa Araújo, 8 (Avenida da Liberdade). 21 001 5700. www.bistro4restaurant.com. Preço médio: 25€/pessoa

Ao Pé da Sé
Ideal para quem gosta de comida crua, nomeadamente carpaccios, piadinas e tártaros, três petiscos tradicionalmente italianos que aqui têm um toque português.
Rua Cruzes da Sé, 31 (Sé). 21 886 0655. facebook.com/aopedasecafe. Preço médio: 20€/pessoa

El Clandestino
As cozinhas peruana e mexicana, os ceviches e os tacos, unem-se neste espaço cheio de pinta e arte, situado numa zona nevrálgica da noite lisboeta, entre o Bairro Alto e o Príncipe Real.
Rua da Rosa, 321 (Bairro Alto). 91 283 2777. facebook.com/elcandestino. Preço médio: 20€/pessoa

Aromas e Temperos
Quando abriu, em abril, escreveu-se que na cozinha cabia “um oceano inteiro”. E cabe, se bem que apenas de forma metafórica: a chef Juliana Adjafre é perita em unir sabores e produtos portugueses e brasileiros.
Travessa Rebelo da Silva, 2 (Arroios). 21 362 0119. facebook.com/AromasTemperos. Preço médio: 20€/pessoa

Nomalism
Está associado à loja de tecidos homónima e destaca-se por três qualidades de louvar. É biológico, vegetariano e sustentável. Não necessariamente por esta ordem.
Rua Saraiva de Carvalho, 358A (Campo de Ourique). 21 392 8940. www.nomalism.com. Preço médio: 20€/pessoa

Sommelier
Fica numa das ruas mais inclinadas de Lisboa, a do Telhal, mas merece o exercício, mais ainda se se gostar de provar vinho. É que aqui é o néctar a vedeta, com mais de 80 referências a copo. A comida serve apenas para acompanhar.
Rua do Telhal, 57-63 (Pena). 96 624 4446. www.sommelier.pt. Preço médio: 30€/pessoa

Carne

Vicente by Carnalentejana
À matéria-prima de qualidade dos produtores da Carnalentejana juntou-se, desde junho, um espaço cheio de potencial, entre o Chiado e o Cais do Sodré, que outrora acolheu a Carvoaria, uma das tascas mais castiças da cidade, entretanto relocalizada.
Rua das Flores, 6 (Cais do Sodré). 21 806 6142. www.facebook.com/VICENTE-by-Carnalentejana-DOP. Preço médio: 25€/pessoa

Sala de Corte
Aberta desde junho, esta ‘steakhouse’ do Cais do Sodré não engana, o tom dominante é sangue de boi, há carne de variadíssimos cortes e pesos e os croquetes de entrada são dos melhores da cidade.
Rua da Ribeira Nova, 28 (Cais do Sodré). 21 346 0030. www.saladecorte.pt. Preço médio: 30€/pessoa

Brasserie Lisboa
Ocupou, há um par de meses, o espaço deixado vago por um dos restaurantes de Olivier, o Honra. Tal como as outras Brasseries (do grupo Portugália) a estrela da companhia é o tenríssimo entrecôte servido com um molho especial que leva quase duas dezenas de ingredientes.
Praça da Figueira, 16 (Rossio). 21 049 2940. www.thebeautiquehotels.com. Preço médio: 30€/pessoa

Nogueira’s Fire Food
A família Nogueira, responsável por este novo (e enorme) restaurante, tem vasta tradição neste ramo, sendo proprietária de algumas das maiores churrasqueiras do Grande Porto. Aqui elevaram ligeiramente a fasquia, com um espaço que faz lembrar os melhores anos da 24 de Julho, a avenida onde se situa.
Avenida 24 de Julho, 68 F (Santos). 21 584 1515 / 91 518 1515. www.nogueiras-firefood.com. Preço médio: 20€/pessoa

Ground Burger
Numa cidade saturada de hamburguerias há já alguns anos, este Ground Burger chegou (em abril), viu e venceu. O truque? Carne e pão fabulosos, receitas criativas e extras que fazem por merecer aquilo que se paga por eles, da cerveja artesanal aos batidos.
Avenida António Augusto Aguiar, 148A (São Sebastião). 21 371 7171. facebook.com/GroundBurger. Preço médio: 18€/pessoa

*Artigo atualizado às 19h30 com informação sobre o preço médio por pessoa de cada restaurante

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)