A viatura do piloto francês Lionel Baud, que no sábado, durante a sétima etapa do rali todo-o-terreno Dakar’2016, atingiu mortalmente um homem de 63 anos, voltou a estar envolvida num acidente mortal.

De acordo com a imprensa argentina, o acidente aconteceu hoje de manhã, numa altura em que o camião de assistência do Dakar que rebocava o buggy Mitsubishi de Lionel Baud para a capital argentina, de onde será transportado de regresso à Europa, colidiu com um camião de transporte de mercadorias.

Da colisão, que envolveu ao todo seis veículos, resultou a morte do condutor de um veículo ligeiro de passageiros, um cidadão argentino, bem como cinco feridos.

Com o piloto francês ao volante, o carro 409 já tinha protagonizado um acidente mortal, ao quilómetro 82 da etapa, ainda em território boliviano.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com as autoridades bolivianas, um homem de 63 anos foi atingido quando tentava atravessar a estrada, apesar da manobra de evasão do piloto.

A 38.ª edição do mítico rali já tinha ficado marcada por um acidente durante o prólogo de Buenos Aires, quando o carro da chinesa Guo Meiling saiu de pista e atingiu um grupo de espetadores, fazendo um total de 10 feridos.