Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um carro da Red Bull, conduzido por um piloto da equipa (o australiano Daniel Ricciardo), contra oito jogadores de uma equipa profissional de râguebi inglesa (do clube Bath Rugby, que milita na primeira divisão de Inglaterra). O desafio era este, lançado pela Red Bull, e teve lugar no campo de treinos do clube, em Farleigh House. O resultado final não foi mais do que um empate técnico.

Mau resultado para a Red Bull? Nem por isso. Afinal, se de um lado estava um carro de corrida, que consegue atingir os 321 quilómetros/hora, do outro estavam oito rapazes cuja força é difícil de subestimar: os oito atletas pesam, no seu conjunto, nem mais nem menos do que 831 quilogramas. Entre ambos estava uma máquina scrum, que mediou o confronto de forças.

O carro até tomou a dianteira, conseguindo inicialmente empurrar os atletas. Mas estes não se deixaram ficar, como se comprova no vídeo. No final, o fair-play reinou. E os oito jogadores do Bath Rugby foram para casa seguramente mais cansados, mas com o respeito de Daniel Ricciardo: “Respeito-os muito como atletas. São grandes, fortes, levantam-se depois de grandes choques físicos e sabem que isso faz parte do jogo”, disse o piloto, citado pelo International Business Times.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR