Depois de Anthony Lopes, Cédric Soares. O lateral direito do Southampton deu esta sexta-feira, pelas nove da manhã, a segunda conferência de imprensa dos portugueses em Marcoussis, em França. Cédric abordou as responsabilidades de Portugal no grupo, respondeu sobre a concorrência com Vieirinha e falou nos favoritos a vencer o Europeu.

“Temos noção que, na teoria, Portugal é uma seleção muito forte, e que está como favorito neste grupo. Mas no futebol de hoje em dia não existem equipas fáceis. Este grupo não vai ser exceção. Todas as equipas tiveram uma fase de qualificação muito boa. Temos de estar na máxima força para os batermos [Islândia, Áustria e Hungria]”, começou por dizer.

“Temos que nos unir e estar focados, não vai haver jogos fáceis”, insistiu. “Acho que fiz uma época positiva, estou completamente motivado. É um orgulho pertencer a este lote especial dos 23.” Quanto à concorrência entre Cédric e Vieirinha, o lateral direito do Southampton diz que “é sempre positiva”.

“O Vieira [Vieirinha] é um excelente jogador, tem mesmo muita qualidade. O mais importante é estarmos todos focados no nosso objetivo. A competitividade vai sempre haver, é positiva. Obriga-nos a crescer e a estarmos mais fortes. O espírito de grupo tem sido fantástico.”

Quando lhe foi pedido para imaginar Portugal mais à frente, Cédric disse que primeiro havia que pensar na fase de grupos. “Temos de assumir que temos de ganhar todos os jogos. Na nossa cabeça só faz sentido vencermos todos os jogos, sabendo que vai ser sempre difícil”, disse, assinalando ainda França, Alemanha e Espanha como os favoritos a vencer o Campeonato da Europa.

“Na nossa cabeça está o objetivo de ganhar este Euro”, explicou, sem hesitação. “Há sempre pressão, é positiva. A ansiedade também existe, queremos que comece o campeonato.”

Sobre Cristiano Ronaldo, o ex-jogador do Sporting referiu que o avançado do Real Madrid é “claramente o líder” do grupo e que “está muito feliz”. Mais: disse que, sempre que pode, ouve e anda perto de Cristiano para aprender.