O consumo de bebidas muito quentes é uma “causa provável” do cancro do esófago, declarou esta quarta-feira o centro de investigação da doença da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Centro Internacional de Investigação sobre Cancro (CIRC, sigla em francês) eliminou também as suspeitas sobre o café ou o chá-mate, consumidos a temperaturas normais.

“Estes resultados permitem pensar que o consumo de bebidas muito quentes é uma causa provável de cancro do esófago e que é a temperatura, mais do que a bebida em si, que parece ser a causa” da doença, afirmou o diretor do centro, Christopher Wild.