Hospital de São José

Lourenço, o “bebé-milagre”, já teve alta da maternidade

936

Lourenço, o bebé que nasceu quase quatro meses depois de a mãe ter sido declarada morta, no Hospital de São José, já teve alta hospitalar.

Lourenço Salvador nasceu no dia 7 de junho, às 32 semanas, com 2,350 gramas

PHILIPPE HUGUEN/AFP/Getty Images

O pequeno Lourenço Salvador, que nasceu a 7 de junho, 15 semanas depois de o óbito da mãe Sandra ter sido declarado, teve alta, esta segunda-feira, da Maternidade Alfredo da Costa, avança a TVI. A informação foi, entretanto, confirmada pelo próprio centro hospitalar.

Tudo leva a crer que Lourenço — ou “bebé-milagre” como foi apelidado desde o seu nascimento, às 32 semanas de gestação –, tenha ido para casa do pai. Ainda segundo a TVI, a família materna já avançou com um pedido de custódia partilhada junto do tribunal.

“É com grande regozijo que o Centro Hospitalar de Lisboa Central informa que o pequeno Lourenço, nascido a 7 de Junho, agora com 29 dias de vida, teve alta da maternidade, enquadrando os vários aspetos clínicos, sociais e psicológicos, pressupostos que constam de relatório próprio”, informou a instituição, esta terça-feira.

Lourenço nasceu prematuro, com 2.350 quilos, e foi logo transferido para a Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais, na Maternidade Alfredo da Costa, de onde já tinha saído, entretanto, dada a evolução positiva que foi apresentando. Agora, com quase um mês de idade e mais de três quilos teve alta hospitalar. O Observador tentou, sem sucesso, contactar o pai do bebé.

Recorde-se que o nascimento de Lourenço foi um feito inédito em Portugal e citado um pouco por todo o mundo, dada a raridade do caso. A mãe, Sandra, estava em morte cerebral desde fevereiro, mas a equipa de cuidados intensivos da neurocirurgia do São José, em articulação com a MAC, conseguiu manter a gravidez até às 32 semanas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Hospitais

Hospital de São José em Agosto

Jaime Nogueira Pinto
1.572

Esquecendo os meus males naquela tarde de Agosto pensei no privilégio de ali estar em São José, onde a presença do Bem se ia impondo no meio do mal, onde a caridade e a eficácia superavam tudo o resto

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)