Os internautas não têm mãos a medir. Assim que Melania, mulher de Donald Trump, terminou o seu discurso na convenção republicana, que decorre em Cleveland, aquelas palavras pareceram familiares a muita gente. Demasiada gente. Não tardou muito a perceber-se onde estavam as semelhanças: tinham sido inspiradas, assim sem rodeios ou sinónimos, num discurso de 2008 de Michelle Obama, a atual primeira-dama norte-americana, em 2008. E ninguém se absteve de opinar no Twitter, claro está, na maior parte das vezes com muito humor.

A hashtag #FamousMelaniaTrumpQuotes é a mais utilizada neste momento na rede social do passarinho azul. Veja algumas das imagens mais cómicas do momento.

Até o grito de Cristiano Ronaldo veio à baila.

https://twitter.com/slavsquatting/status/755357846506729472

E as de Fernando Santos, logo no início do Euro 2016, também.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Se Melania Trump copiou o discurso de Michelle Obama, há partes que provavelmente não fazem tanto sentido assim.

Viajamos no tempo? A frase de Humberto Delgado, em que prometia despedir Salazar caso ganhasse as eleições, também foi recordada.

https://twitter.com/HanzalaOfficial/status/755332711548592128

Michelle Obama não podia estar mais desiludida, com um cartaz que diz “Tragam de volta o meu discurso”.

“Gostaria de agradecer aos dois escritores do meu discurso, Copiar e Colar, pela sua ajuda na preparação das minhas observações”.

Alguma semelhança com Caitlyn Jenner?

https://twitter.com/ghazalairshad/status/755291571629780992

“Meu, até os Vanilla Ice mudaram o ritmo um pouco”, referindo-se à nova versão feita com a música “Under Pressure”, dos Queen com David Bowie.

https://twitter.com/Parker9_/status/755290229456510976

Melania pode ir na onda (ou na Lua) e aproveitar o discurso de Neil Armstrong.

Trump apresentou-a como a próxima primeira-dama dos Estados Unidos, mas ela esteve perto de ser a “outra” primeira afro-americana nesse papel.

https://twitter.com/agentbizzle/status/755285929305083904

Melania Trump substitui Michelle na fotografia de família.

Estará a família Obama a rir de tudo isto?

O teclado usado para escrever o discurso de Melania Trump.

Uma referência à música “Real Slim Shady” de Eminem, um hino do rap à necessidade de manter a originalidade.

“Vou levar o que é meu, com fogo e sangue”, uma referência à Guerra dos Tronos.

E porque não Albert Einstein?

https://twitter.com/chanelsiren/status/755268514731073536

Lembra-se das confusões de segunda-feira entre Taylor Swift, Kanye West e Kim Kardashian? Ainda não foram esquecidas.

Mais uma referência à Guerra dos Tronos.

À moda de Oprah, que gosta de dar presentes. Até discursos, talvez.

Mais uma brincadeira musical, com uma canção de Kanye West.