A notícia de que a Niantic, empresa responsável pelo jogo Pokémon Go, iria disponibilizar a loucura do momento para o Apple Watch deixou muitos utilizadores do sistema operativo Android descontentes e desapontados com a preferência. Mas tudo indica que este cenário não será assim tão definitivo. Durante a conferência TechCrunch’s Disrupt, o CEO da Niantic, John Hanke, declarou que “é bastante provável” que o jogo seja lançado também para Android Wear assim como para outras plataformas móveis.

A expansão para outras plataformas pode ser uma maneira da empresa manter o interesse no jogo por mais tempo. Atualmente o Pokémon Go é uma das aplicações com maior número de downloads na primeira semana assim como o jogo mais rápido a obter 500 milhões de dólares em receitas. Mesmo assim, recentemente, a empresa viu o número de jogadores que pagam para jogar a reduzir em cerca de 79%, números que contudo deixaram preocupada a Niantic.

Baseando-se na experiência e no sucesso com o jogo Ingress, Hanke revelou que se avizinham várias novidades para o Pokémon Go. A primeira novidade foi o Buddy Pokémon, que chegou a Portugal no dia 13 de setembro. Permite ao jogador escolher um pokémon para estar junto ao avatar e, enquanto caminha, ir ganhando candys desse mesmo pokémon, que pode trocar a qualquer momento.

Quando os lançamentos estiverem concluídos em todo o mundo, a próxima novidade que os jogadores podem aguardar são os eventos criados pela empresa, onde se acredita que será dada a oportunidade para caçar os Pokémon raros. Além dos eventos, aguarda-se também a funcionalidade de combater contra outros jogadores sem a necessidade de ir a um “ginásio”.

John Hanke informou ainda que a versão atual do jogo é apenas “a ponta do iceberg” daquilo que ele tem previsto para o Pokémon Go.

Texto editado por: Filomena Martins