18 de outubro de 2016. Michelle desfila pela última vez enquanto primeira-dama à chegada a um jantar de Estado. Barack Obama está quase a deixar de ser o presidente dos Estados Unidos e a mulher, já considerada por muitos um verdadeiro ícone de estilo, quer despedir-se com graça. E com gosto.

Depois de oito anos a marcar a vida política e a agenda da moda, Michelle deixou-se fotografar num longo e acobreado vestido do atelier Versace, com uma racha subtil. Brilhante e luminoso, o vestido de alta-costura foi feito de propósito para ela e, a julgar pelas imagens divulgadas por meios internacionais, assenta-lhe que nem uma luva.

Os vestidos de Michelle nunca foram coisa do acaso. Além de dar primazia a designers de moda menos conhecidos, a primeira-dama dos EUA tentou muitas vezes usar vestidos concebidos por criadores da mesma nacionalidade que os líderes políticos convidados para os diferentes jantares de Estado. Foi o que aconteceu em abril de 2015, quando recebeu o primeiro-ministro japonês e vestiu um Tadashi Shoji, e foi o que aconteceu esta quarta-feira: o Versace terá deixado um sorriso no rosto do líder italiano Matteo Renzi (e no de Obama também).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em fotogaleria ficam os vestidos que marcaram os jantares de Estado em que Michelle Obama, juntamente com o marido, marcou presença. Os vestidos são muitos, até mais do que os oito anos em que o casal Obama dominou a Casa Branca.