O Presidente da República português assinalou o primeiro aniversário dos atentados de Paris considerando que “o terrorismo será vencido”, numa nota na qual refere que “a Europa mostrou que a tolerância é mais forte do que o fanatismo”.

Numa nota colocada no site da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa destacou: “No primeiro aniversário dos hediondos ataques terroristas de Paris, quando a Europa e toda a civilização ocidental se confrontaram com o flagelo do terrorismo transnacional, recordo, de forma emocionada, as vítimas e os seus familiares, bem como aqueles que, desde o primeiro minuto, se destacaram no auxílio aos sobreviventes”.

No texto, o Presidente lembrou que “entre os que não hesitaram um segundo no apoio às vítimas dos atentados de Paris, encontravam-se cidadãos portugueses ou lusodescendentes”

“A sua compaixão pelos seus semelhantes e o espírito de ajuda sem olhar a riscos devolvem-nos a esperança na Humanidade”, disse.

“A Europa mostrou que a tolerância é mais forte do que o fanatismo”, acrescentou Marcelo, concluindo: “Por isso, com determinação e coragem, o terrorismo será vencido”.

Os ataques de 13 de novembro do ano passado fizeram um total de 130 mortos em Paris.