Pela primeira vez, a passadeira vermelha da revista Glamour estendeu-se na NeueHouse, na Califórnia, para premiar um homem. A cerimónia anual dos “Women of the Year Awards” realizou-se esta segunda-feira para honrar o sexo feminino e acabou a distinguir o cantor Bono Vox com o prémio de “Mulher do Ano” pelo seu trabalho humanitário em defesa da igualdade de género. No agradecimento, o vocalista dos U2 admitiu que é ridículo receber o galardão mas aproveitou para apelar à igualdade de género.

Eu sei quão ridículo é eu estar aqui a aceitar este prémio. Mas mesmo que não soubesse, a Internet fez o favor de me lembrar”, brincou. “Ao presidente eleito, digo: Olhe para as mulheres, faça da igualdade uma prioridade. É a única forma de conseguirmos avançar.”

O cantor irlandês marcou presença na cerimónia acompanhado pela mulher, Ali Hewson, de 55 anos, e pelas duas filhas, Jordan, 27, e Eve, 25. Já no feminino, a atleta olímpica Simone Biles, as três fundadoras do movimento Black Live Matters e Nadja Murad, vencedora do Prémio Sakharov de 2016, foram outras das premiadas com o mesmo galardão. À lista junta-se Gwen Stefani que não só venceu o título de “ícone do ano” como ainda foi considerada uma das mais bem vestidas da noite num longo vestido Marchesa em tule.

Model Cara Delevingne attends 2016 Glamour Women Of The Year Awards in Hollywood, California, on November 14, 2016. / AFP / VALERIE MACON (Photo credit should read VALERIE MACON/AFP/Getty Images)

Depois de uma longa ausência, Cara Delevingne marcou presença na cerimónia das Mulheres do Ano promovida pela revista feminina Glamour. (foto: VALERIE MACON/AFP/Getty Images)

Pelo mesmo caminho foi a modelo plus size Ashley Graham, galoarda com o prémio “The Body Activist”, que deslumbrou num macacão Galia Lahav de cristais. Já Zendaya, distinguida por ser uma inspiração para jovens raparigas, escolheu um vestido curto Reem Acra com aplicações nas mangas. Quem não foi galardoada mas, ainda assim, não passou despercebida foi Cara Delevingne num transparente Elie Saab.

Na fotogaleria, fique a par dos vestidos que marcaram a noite onde nem Caitlyn Jenner, Lena Dunham, Chanel Iman e Anna Wintour faltaram para celebrar o melhor do que se fez pelo sexo feminino durante os últimos 12 meses.