É concebido com base na plataforma denominada Giorgio, a mesma que serve o Giulia e que vai dar igualmente origem a outros modelos da Alfa Romeo, mas o Stelvio destaca-se sobretudo por ser o primeiro SUV da Alfa Romeo, construtor que, depois de anos algo adormecido, parece ter encontrado um dinamismo nunca visto, o que lhe permite ter agendado para os próximos tempos uma sucessão invejável de novos modelos.

Vem isto a propósito da apresentação do Stelvio no Salão Automóvel de Los Angeles, opção normal tanto mais que os EUA são o mercado prioritário para o modelo italiano. E , para não deixar esfriar a agitação dos potenciais compradores em torno do novo SUV, o construtor decidiu criar um filme, onde destaca os atributos do modelo, mais especificamente da versão Quadrifoglio, a mais potente do segmento e que será a primeira a chegar ao mercado norte-americano.

[jwplatform BnE15oCJ]

O Stelvio anuncia um comprimento de 4,68 metros, o que o coloca em confronto directo com veículos como o Porsche Macan, BMW X3, Audi Q5 e Mercedes GLC, sendo que nenhum concorrente possui um motor com a mesma “alma” do 2.9 V6 Turbo, concebido com a colaboração da Ferrari, e que debita 510 cv.

Quando chegar a Portugal, o SUV da Alfa Romeo deverá dar ênfase às motorizações turbodiesel, precisamente as mesmas 2.2 que já conhecemos no Giulia, com 150 e 180 cv.

Quanto a preços, a marca afirma que ainda é cedo, mas face à concorrência e ao óbvio diferencial de custos para o Giulia, o Stelvio deverá começar a ser proposto ligeiramente abaixo dos 50.000€ para o motor de 150 cv, ou seja, o mesmo valor exigido pelo Audi Q5 ou pelo BMW X3 com motorização similar, e mais cerca de 6 a 7 mil euros do que o Giulia a gasóleo com 150 cv. Tudo isto a partir de Abril/Maio de 2017.