Donald Trump deverá escolher o congressista republicano Tom Price — uma das vozes mais críticas do Obamacare — para o lugar de secretário da Saúde. Segundo a imprensa norte-americana, Price, um antigo cirurgião ortopédico de 62 anos, tem sido um dos principais responsáveis pelas políticas de saúde do Partido Republicano e a sua escolha para o lugar vem na linha das ideias de Trump de acabar com o projeto legislativo de Obama para a saúde.

“O problema que tenho com o Obamacare é a premissa de que Washington é que sabe o melhor” para os doentes, esclareceu Tom Price numa entrevista este verão, citada pelo The Wall Street Journal. “Nós pensamos que é importante que não seja Washington a estar responsável pelos cuidados de saúde“, sublinhou. O Obamacare é uma regulação de nível federal, e que os republicanos defendem um maior poder para as seguradoras e para os estados (saiba mais neste Explicador).

A alternativa dos republicanos, apresentada em 2009 ao Senado, prevê créditos fiscais em função da idade para que os americanos possam comprar seguros de saúde. Além disso, a proposta, apoiada por Tom Price, prevê que os utentes que têm acesso aos programas de saúde como o Medicare ou o Medicaid possam optar por um privado — o Obamacare impõe a obrigatoriedade destes programas.

Depois de se reunir com Obama, Donald Trump aceitou que algumas partes do atual plano possam ser mantidas. Uma delas é a proibir que as seguradoras não aceitem vender seguros de saúde a pessoas com um historial de doenças graves, imposta pelo Obamacare.

Tom Price foi médico na cidade de Atlanta, no estado da Georgia, durante vinte anos. Entrou na política ainda a nível estadual, e foi eleito para o Congresso em 2005. Lá, ficou conhecido pelas posições contra o aborto e contra o financiamento dos métodos contracetivos. Agora, caso se confirme a nomeação, Price será o responsável pela aplicação, ou possível alteração, a nível federal dos planos de saúde.