Juan Francisco Patrón Sánchez era o líder do conhecido cartel de droga Beltrán Leyva. O traficante, também conhecido como ‘El H2’, foi morto depois de um confronto com membros do exército mexicano, na colónia Lindavista do estado mexicano de Nayarit, oeste do país, explica o El Mundo.

A operação foi levada a cabo pela Secretaria da Marinha do México, a partir de um helicóptero. Para além da morte do ‘El H2’, outros sete cúmplices foram também abatidos:

Durante a operação, liderada por membros das Forças Armadas, o líder do grupo foi encurralado e, de seguida, morto pelos homens que estavam no helicóptero. A identidade do ‘El H2’ foi posteriormente confirmada pelo Ministério do Interior aos meios de comunicação social nacionais. Na operação estiveram ainda envolvidos membros do Exército, da Marinha e da polícia, que utilizaram dois helicópteros, várias armas de fogo e granadas de fragmentação.

O vídeo da operação já está a circular nas redes sociais, tendo as imagens sido gravadas por alguns vizinhos da cidade.

O cartel de droga Beltrán Leyva é um dos grupos de tráfico mais sangrentos da história. Surgiu em 2008 após rutura com o cartel de Sinaloa. Seguiram.se vários confrontos violentos entre estas duas organizações tem feito vários mortos ao longos dos últimos seis anos, incluindo decapitações.