Os quenianos Moses Kibet, em masculinos, e Joy Kemuna Loyce, na corrida feminina, venceram este domingo a edição de 2017 da Meia Maratona de Madrid.

Na prova masculina, Kibet gastou 1:01.54 horas, um novo recorde da prova espanhola, com menos seis segundos que a anterior marca, que pertencia ao seu compatriota Peter Emase desde 2014.

Moses Kibet cortou isolado a meta, com 28 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o marroquino Moussan Hadout (1:02.22).

Bem Siwa, do Uganda, completou o pódio, com o tempo de 1:03.02.

Em femininos, Joy Kemuna Loyce gastou 1:10.27 horas, seguida da compatriota Polline Wanjiru (1:12.41), vencedora da edição de 2016, e da espanhola Sandra Aguilar (1:15.11).