Rádio Observador

Férias

As férias mais seguras de sempre

Se o ditado diz que “a ocasião faz o ladrão” não lhes dê hipótese. Proteja a casa e os seus bens de assaltos e acidentes com um seguro multirriscos e vá de férias descansado

Decerto que já começou a pensar nas férias deste ano. Já está a olhar para os folhetos das agências de viagens, a pensar nos possíveis destinos e a sonhar acordado com aqueles dias de merecido descanso longe da rotina e das obrigações profissionais.

Mas antes de andar com a cabeça nas nuvens, a contar os dias para agarrar nas malas, fechar a porta de casa e simplesmente desligar da rotina, desça à terra para não ter nenhuma surpresa desagradável quando voltar de férias.

Pense nos números: sabia que em 2016 houve uma média de dois assaltos a residência por hora? Dá um total de cerca de 50 casas assaltadas por dia e um total de quase 18 mil por ano. Os dados são da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) e são a prova de que todo o cuidado é pouco quando está em causa a segurança de um dos bens a que damos mais valor: a nossa casa.

Durante todo o ano convivemos com o risco de ver a nossa propriedade assaltada, mas é durante o período de férias que cresce exponencialmente o número de ocorrências.

Trancas à porta, casa protegida

Prevenção é a palavra-chave para proteger a sua casa. Os conselhos que tanto a PSP como a GNR dão para estas situações são conhecidos, mas nunca é demais recordar:

– Peça a um vizinho, familiar ou amigo que vá passando pela casa, abra as janelas e recolha o correio para que dê a impressão de que a casa não está desabitada;

– Não comente com ninguém, a não ser com os mais próximos, que vai de férias;

– Resista à tentação de publicar nas redes sociais fotografias da maravilhosa bola de Berlim que está a comer na praia ou da espetacular espreguiçadeira à beira da piscina do hotel onde se deita a trabalhar para o tão desejado bronze;

– Desligue os aparelhos elétricos, feche bem as torneiras e desligue o gás. Verifique o estado de trancas de portas e janelas e confirme que estão em boas condições.

Alguma vez fez as contas a quanto lhe custaria substituir todos os bens que tem em casa no caso de acontecer um imprevisto?

Para estar 100% descansado durante as suas merecidas férias, opte por um seguro multirriscos e proteja a sua casa e os seus bens durante todo o ano. Para além de assegurar proteção contra roubos tem ainda a vantagem de proteger em caso de inundação, fogo e outras ocorrências. Afinal, os acidentes podem acontecer quando menos se espera.

Um seguro simples e fácil de comprar

Para tentar minimizar estas preocupações, a MAPFRE Seguros criou o NETCASA, um seguro multirriscos habitação completo que pode ser comprado totalmente online. O site da seguradora permite que o cliente simule de forma simples e rápida o que mais convém às suas necessidades. Estão disponíveis três modalidades, construídas a pensar nas necessidades específicas dos proprietários, senhorios e inquilinos.

A modalidade BASE é direcionada para quem tem preocupações com eventos da natureza inesperados e fora do controlo humano, como por exemplo os raios, as tempestades, os aluimentos de terras, inundações. E se é supersticioso e teme os sete anos de azar de um espelho partido então saiba que esta modalidade do NETCASA o vai proteger, assim como dos pequenos acidentes domésticos que resultam em quebras acidentais de vidros, pedras ou louças sanitárias. Porque o Mundo vive momentos conturbados, a MAPFRE juntou ainda nesta modalidade os danos causados por greves, tumultos e atos de vandalismo.

Se o seu maior receio são as ações dos “amigos do alheio”, que estão particularmente ativos nos meses de férias, a modalidade BASE MAIS é a mais indicada, pois junta à proteção básica a cobertura de danos causados por furto ou roubo. Dá-lhe ainda a possibilidade de acrescentar a cobertura de riscos elétricos, muito útil nos lares modernos, onde não faltam aparelhos constantemente ligados à corrente.

A modalidade MÁXI vai ainda mais além, acrescentando um módulo de Proteção Alargada que abrange grande parte das necessidades que surgem depois de um imprevisto: as despesas da substituição de chaves e fechaduras, a reconstituição de documentos pessoais, a deterioração de bens frigorificados, o roubo de bens de uso pessoal ou até mesmo da morte das pessoas seguras.

Os senhorios e os inquilinos também têm opções que dão resposta às suas situações e necessidades específicas. Por exemplo, se mora numa casa alugada e houver uma inundação, o senhorio pode recusar-se a reparar os danos, mas, se o seu seguro tiver a cobertura de Danos em Bens do Senhorio, isso não será um problema. Para os senhorios também é uma preocupação constante o estado em que vão encontrar a casa depois do seu inquilino ter saído. Por isso, a cobertura Danos Causados pelo Inquilino protege o senhorio se o inquilino “sair de má vontade”.

Conhecidas as várias modalidades, feita a simulação online e escolhida a proteção mais adequada ao seu perfil, o processo de compra é rápido e prático: pode completar a compra online, por telefone ou através da extensa rede de lojas e mediadores MAPFRE em todo o País.

A juntar a todas estas vantagens, até 30 de junho de 2017 pode comprar este seguro com 20% de desconto!

Convencido? Faça uma simulação e compre o seguro da forma que mais lhe convém… Agora sim, está preparado para dar asas à imaginação e presentear-se com as férias que tanto merece.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt
Férias

Cacela Velha, um segredo ainda bem guardado

Mafalda G. Moutinho
285

Chegados à aldeia ficámos com o apetite em aberto para um maravilhoso dia de praia, vislumbrando uma das panorâmicas mais bonitas do sotavento algarvio, através do forte da aldeia.

Férias

Amanhã estamos em casa

João André Costa

Esqueci-me da praia ou da cor? Provavelmente das duas. O cheiro do calor, só respiro bem com 35 graus à beira-mar, as subidas de bicicleta à falésia e o mar a meus pés, a casa onde um dia hei-de morrer

Verão

(Não) ir à praia /premium

João Marques de Almeida
1.114

Já nem sei o que fazer na praia. Não é confortável para ler, não posso ver filmes nem ouvir música, a comida dos bares não presta, e prefiro conversar com pessoas quando estão vestidas e não semi-nuas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)