Dois homens foram detidos esta sexta-feira à porta do local onde vai decorrer um concerto de Justin Bieber em Cardiff, País de Gales, por desacatos e comportamento ameaçador. As duas detenções foram feitas a poucas horas do concerto do cantor canadiano. Cerca de 40.000 pessoas são esperadas no recinto.

Os dois homens, de 19 e 27 anos, ambos motoristas, terão entrado em conflito numa rua perto do recinto. De acordo com testemunhas oculares, citadas pelo The Telegraph, um dos homens ergueu uma machete enquanto ameaçava “cortar todos os muçulmanos”. A mesma testemunha diz tê-lo ouvido dizer “os muçulmanos são sujos, matam bebés, são bombistas”. O comunicado da polícia, divulgado no Twitter, dá conta de que um dos detidos é acusado de “comportamento ameaçador”.

No Twitter surgiram também as primeiras imagens do suspeito usando a machete.

Foi também registado e divulgado um vídeo do momento em que um dos homens é detido.

https://twitter.com/bieberfollowBRA/status/880827460429938688

A polícia do Sul de Gales divulgou um comunicado no Twitter a dar conta do sucedido:

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A polícia do Sul de Gales foi chamada para um conflito que envolvia dois motoristas na SaundersRoad, em Cardiff, cerca das 15h05 [mesma hora em Lisboa].

Dois homens, de 19 e 27 anos, foram detidos perto da PenarthRoad. O sujeito de 27 anos foi detido por suspeitas de desordem e o de 19 anos por suspeitas de comportamento ameaçador. (…)

Não há registo de feridos.”

Este incidente surge pouco mais de um mês depois do atentado em Manchester, no concerto de Ariana Grande, que vitimou 22 pessoas. A polícia já tinha anunciado que a segurança ia estar reforçada no concerto de Bieber.