Pelo menos 16 pessoas morreram na queda de um avião de reabastecimento militar durante a madrugada desta terça-feira. A informação foi avançada pelo diretor de emergências do condado de LeFlore, Frank Randle. O incidente aconteceu numa zona rural do Mississipi, nos Estados Unidos. O avião terá caído em espiral no chão, a cerca de 135km a norte de Jackson.

O acidente aconteceu por volta das 21h30 (3h30, em Portugal continental) e os 16 mortos eram todos ocupantes da aeronave KC-130. “A maioria serão, seguramente, marines, segundo a informação dada ao USA Today. Até agora, não foi confirmado se há civis entre as vítimas mortais. Já a porta-voz da Marinha, Sarah Burns, disse em um comunicado que um KC-130 “tinha tido um acidente” na noite de segunda-feira, mas não forneceu mais detalhes.

Andy Jones, um habitante local, disse ao The Guardian que o avião colidiu atrás de umas árvores de um campo de soja — quando chegou ao local, o fogo era demasiado intenso para se conseguir aproximar dos destroços. Jones trabalhava na sua fazenda quando se apercebeu do sucedido. “Quando olhei para cima vi um avião a rodopiar ao mesmo tempo que caía”, disse.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nas redes sociais, o governador do estado do Mississipi considerou o acontecimento uma “tragédia”. “Os nossos homens e mulheres em uniforme arriscam todos os dias as suas vidas para proteger a nossa liberdade”, lê-se num post que colocou no Facebook. O FBI já se encontra no local.

Please join Deborah and me in praying for those hurting after this tragedy. Our men and women in uniform risk themselves every day to secure our freedom.

Posted by Phil Bryant on Monday, July 10, 2017