A produção de minério de ferro da Vale no segundo trimestre deste ano foi superior em 5,8%, com 91,8 mil toneladas métricas (Mt), em relação ao mesmo período do ano anterior, divulgou esta quinta-feira a empresa brasileira em comunicado.

Segundo um comunicado da companhia mineradora brasileira, este aumento na produção deveu-se principalmente ao Sistema Norte – que compreende as minas de Carajás, Serra Leste e S11D -, que atingiu o recorde de produção de 41,5 Mt no segundo trimestre de 2017, mais 13,7% em relação ao mesmo período de 2016.

A produção de níquel alcançou 65.900 toneladas (t) no segundo trimestre deste ano, menos 7,7% do que no primeiro trimestre deste ano e 16,1% menos do que no segundo trimestre de 2016.

A produção de cobre foi de 100.8002 toneladas no segundo trimestre de 2017, sendo 6,2% e 4,6% menos do que no primeiro trimestre deste ano e no segundo trimestre de 2016, respetivamente.

A produção de cobre contido no concentrado de Salobo atingiu um recorde para um segundo trimestre de 2017, com 46.000 toneladas, superior em 13% ao mesmo período do ano passado.

A produção de carvão em Moçambique atingiu recorde trimestral de 3,0 Mt no segundo trimestre de 2017, sendo 24,8% e 101,8% maior do que no primeiro trimestre deste ano e no segundo trimestre de 2016, respetivamente, com dois terços da produção total relativas a carvão metalúrgico.

As operações logísticas em Moçambique atingiram um recorde histórico, com o volume transportado a atingir 3,1 Mt no segundo trimestre de 2017, 15% mais do que no primeiro trimestre deste ano.