A polícia de Sussex, no Reino Unido, exibiu recentemente um novo Rolls-Royce Ghost Black Badge. É claro que com a óbvia ajuda da marca britânica, que muito provavelmente preferiria que os seus clientes fossem importunados por agentes em veículos similares aos seus.

A apresentação do luxuoso modelo teve lugar este mês, pelo que não faltou quem pensasse que, a partir de então, ser preso e obrigado a ir até à esquadra num carro da polícia passaria a ser menos penoso. Não em relação à multa, pois essa não sofreu alterações, mas sim no que diz respeito à viagem até à esquadra. Isto porque o Rolls, mesmo se com a pintura típica da polícia britânica, prometia oferecer outro nível de conforto.

Mas se está preocupado com a possibilidade de a criminalidade disparar, pois poderia haver quem estivesse disposto a tudo apenas para andar num modelo da marca que também serve a família real, não se preocupe. O Rolls em questão serviu apenas para abrilhantar um Open Day e já foi devolvido à fábrica, para retirar as luzes e os autocolantes da autoridade.

O que não foi devolvido foram os donativos que o construtor inglês também ofereceu a uma série de organizações destinadas a ajudar os jovens locais, incluindo o Hospital das Crianças, de Sussex.