O festival de cinema de terror MOTELx começa esta terça-feira em Lisboa com a estreia de “Super Dark Times”, de Kevin Phillips, primeira de quase 70 sessões com filmes, concertos e encontros de autores com o público. A 11.ª edição deverá ficar marcada pela presença de dois autores de culto: o realizador norte-americano Roger Corman, 91 anos, que estará em Lisboa na quarta-feira, e o autor chileno Alejandro Jodorowsky, 88 anos, presente no domingo, dia 10.

O programa inclui ainda, entre outros, o filme sul-coreano de zombies “Train to Busan”, de Sang-ho Yeon, e o documentário “78/52”, e Alexandre O. Philippe, que desconstrói a famosa cena do chuveiro de “Psico”, de Alfred Hitchcock.

Na competição de longas-metragens estão oito filmes europeus: “Animals”, de Greg Zglinski, “Cold Hell”, de Stefan Ruzowitzky, “Kaleidoscope”, de Rupert Jones, “Lake Bodom”, de Taneli Mustonen, “The Limehouse Golem”, de Juan Carlos Medina, “The Night Of The Virgin”, de Roberto San Sebastián, “Prey”, de Dick Maas, e “Rift”, de Erlingur Óttar Thoroddsen.

Entre os convidados deste ano fazem parte também o realizador austríaco Stefan Ruzowitzky, autor de “The counterfeiters”, Óscar para Melhor Filme Estrangeiro em 2007, o holandês Dick Maas e o islandês Erlingur Óttar Thoroddsen.

O MOTELx encerra a 10 de setembro com a antestreia de “It”, de Andy Muschietti, a partir do livro homónimo de Stephen King, de 1986.