As imagens de Vladimir Putin sem camisola já são um hábito no final do verão. O Kremlin faz questão de publicitar as férias simples, humildes e modestas do líder russo, e fá-lo através de fotografias de Putin de tronco nu, normalmente montado a cavalo ou a pescar.

Mas nem todos ficaram convencidos. O jornal espanhol Expansión conta que o principal opositor de Putin, Alexei Navalny, jurou que tinha imagens gravadas com o seu próprio drone que desmascaravam as “segundas e verdadeiras” férias do presidente russo – aquelas que são normalmente apelidadas “de caráter privado”. Esta era uma denúncia que, segundo Navalny, que entretanto cumpriu uma detenção administrativa por organizar marchas anti-corrupção e está acusado de desfalque, provava uma vez mais os negócios “sujos e obscuros” de Putin.

O drone de Navalny conseguiu imagens inéditas da casa de férias de Putin

A verdade é que Alexei Navalny revelou o verdadeiro refúgio de Vladimir Putin. A Villa Sellgren, uma luxuosa mansão desenhada pelo arquiteto finlandês Uno Ullberg, fica numa ilha escondida perto da fronteira entre a Finlândia e a Rússia. Ao que parece, já foi uma reserva florestal e em 1986 chegou a ser cenário de filme, servindo como casa do espião Von Bork – o Sherlock Holmes russo.

A enorme piscina climatizada é um dos ex-libris da casa

O complexo, que tem ao todo 20 hectares, inclui várias casas construídas em 2012. A principal propriedade tem 1500 metros quadrados, casa de hóspedes, um heliporto, um porto, uma gigantesca piscina climatizada e um deslumbrante escritório, com a águia russa de duas cabeças gravada a ouro por cima da secretária, banheiras de mármore com apontamentos dourados, sauna e mesa de bilhar.

O sumptuoso escritório inclui a águia russa de duas cabeças gravada a ouro

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Toda a extensão da Villa Sellgren está protegida por vídeovigilância e superfícies blindadas; mas nem tudo isto parou o drone de Alexei Navalny. Semanas depois de o rival de Putin ter revelado as primeiras imagens, o canal de televisão russo Dozhd avançava com os primeiros testemunhos de pessoas que já tinham visto o presidente russo naquela zona e acrescentava que a propriedade estava em nome do empresário Sergei Rudnov, filho de um dos amigos mais próximos de Vladimir Putin. O vídeo que a Dozhd colocou no Youtube chegou aos dois milhões de visualizações em menos de 24 horas e levou Alexei Navalny a afirmar que está a ser construído, na mesma ilha, um museu dedicado ao presidente.

Casas, drones e ilhas à parte, esta terça-feira as ruas de Moscovo assistem a inúmeras manifestações que exigem que Navalny possa candidatar-se nas próximas eleições presidenciais.