Em dezembro de 2015, ficámos de joelhos nas salas de cinema de todo o país a gritar “queremos mais!”. Rey estava frente a frente com Luke Skywalker. Porquê? As teorias foram muitas: serão pai e filha? Será que Rey é neta de Obi-Wan Kenobi? De onde é que vem um poder tão grande? Esperámos dois anos; ou melhor, desesperámos dois anos.

O trailer completo de “Star Wars: Os Últimos Jedi” estreou pela primeira vez na história no intervalo de um jogo de futebol americano. Esta segunda-feira, no intervalo do jogo entre os Minnesota Vikings e os Chicago Bears, a ESPN passou a primeira grande espreitadela ao tão esperado próximo capítulo da saga Star Wars, depois de um pequeno teaser que abriu o apetite logo no início do ano.

Depois do encontro entre Rey e Luke, no topo de uma montanha com o oceano como fundo, vemos a nova protagonista a treinar os seus movimentos com o sabre de luz – aparentemente às ordens de Skywalker – e a preocupação dele sobre uma “força crua” que só viu uma vez: “não me assustou o suficiente na altura. Assusta-me agora”. Esta frase e os olhos arregalados de puro pânico de Luke acrescentam quilos de ansiedade à nossa especulação e milhares de teorias sobre a família de Rey. De onde é que vem esta força tão poderosa que Luke só viu uma vez?

Entretanto, a princesa Leia surge com um ar preocupado na sala de controlo de uma nave – preocupação aparentemente causada pela próprio filho, Kylo Ren. Outra das pontas soltas que este filme tem de resolver é a personagem de Leia: Carrie Fisher morreu no final de 2016 e ainda não é certo o que vai acontecer à irmã de Luke. Kylo Ren olha pensativo para uma máscara que nos remonta diretamente para Darth Vader, Chewbacca aparece ao leme da Millennium Falcon – com um novo parceiro que, ao que tudo indica, se chama Porg – e Finn e Poe parecem preparados para uma luta entre o bem e o mal. Quem também reaparece é uma das estrelas de “Star Wars: O Despertar da Força”, o divertido robô BB-8.

Este trailer é uma viragem naquilo que costuma ser hábito no universo Star Wars – é extenso, mostra muitos pormenores e, ainda que não diretamente, chega a deixar muitos spoilers. O próprio realizador Rian Johnson, através do Twitter, disse que “se quiserem ir [ver o filme] completamente em branco, evitem [o trailer]”.

https://twitter.com/rianjohnson/status/917049537843183618

Poucas horas depois do lançamento do novo trailer, foi também revelado um novo cartaz de “Star Wars: Os Últimos Jedi”. O Episódio VIII da saga Star Wars chega aos cinemas a 14 de dezembro de 2017.