Rádio Observador

Petrobras

Tribunal brasileiro bloqueia os bens da ex-presidente Dilma Rousseff

O Tribunal de Contas da União do Brasil bloqueou os bens da ex-presidente Dilma Rousseff numa ação que julga a compra de uma refinaria nos Estados Unidos realizada pela petrolífera estatal Petrobras.

O bloqueio tem validade de um ano

Joedson Alves/EPA

O Tribunal de Contas da União (TCU) do Brasil bloqueou os bens da ex-presidente Dilma Rousseff numa ação que julga a compra de uma refinaria nos Estados Unidos realizada pela petrolífera estatal Petrobras em 2006.

Segundo apurou o tribunal, que é responsável pela fiscalização financeira do Governo federal e de empresas públicas, a compra da refinaria de Pasadena causou um prejuízo de 580 milhões de dólares (489 milhões de euros) à Petrobras.

Na época em que o negócio foi fechado Dilma Rousseff era ministra da Casa Civil e comandava o Conselho de Administração da Petrobras.

Além da ex-chefe de Estado foram bloqueados os bens do ex-ministro Antônio Palocci, dos ex-conselheiros da Petrobras Claudio Luis da Silva Haddad, Fábio Colletti Barbosa, Gleuber Vieira, e do ex-presidente da estatal petrolífera José Sérgio Gabrielli.

O bloqueio tem validade de um ano e todos os arguidos ainda podem recorrer da decisão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)