Rádio Observador

Liga dos Campeões

Champions. É possível a reviravolta do Benfica?

Depois do desastre de Basileia o Benfica é a equipa portuguesa com menos probabilidades de se manter nas competições europeias. O Porto soma e segue, o Sporting ainda está no limbo.

FABRICE COFFRINI/AFP/Getty Images

Autores
  • Paulo Rosário
  • Ricardo Santos

Foi no Parque St. Jakob que o Euro 2008 começou a descarrilar para Portugal. Uma derrota inesperada contra os suíços mostrou que a equipa portuguesa não estava ao nível desejado. Dez anos depois foi a vez do Benfica — e de uma forma mais bem dolorosa, com uma goleada que por momentos fez lembrar desastres em Vigo. No entanto, em 2008 Portugal ainda conseguiu corrigir um pouco a trajetória, e o Benfica, com algum esforço, ainda pode salvar a temporada europeia, porque na fase de grupos um jogo não é o suficiente para matar o sonho. O problema está que a reviravolta tem de começar com o Manchester United, que parece estar na melhor fase desde a saída de Ferguson.

Assim, depois do desastre de Basileia, o Benfica é agora a equipa portuguesa com menor probabilidade de se manter nas competições europeias – apenas 40%. Já no extremo oposto, o Porto parece ter a vida mais facilitada para seguir em frente na Champions – 60%. Finalmente, o Sporting continua a ter como mais provável destino a Liga Europa.

Passando aos tubarões, vemos que pouco mudou desde a última jornada. Os favoritos continuam favoritos, com Real Madrid e Barcelona ainda muito destacados com perto de 20% de hipóteses de levarem mais uma taça para casa. Bastante depois aparecem Chelsea, Juventus, Bayern e Atletico…

Previsões da jornada

Nesta ronda não temos nenhum confronto de gigantes, algo normal nesta fase. Já as equipas portuguesas têm tarefas de dificuldade distinta. O Sporting tem pela frente um difícil embate com a Juventus, com a equipa de Turim a partir claramente como favorita com 75% de hipóteses de vitória. Já os jogos de Benfica e Porto parecem ser de tripla e têm sensivelmente as mesmas probabilidades, com Manchester e Leipzig ligeiramente favoritos, com 40% e, depois, quer um empate quer uma vitória com 30%.

E caso esteja agora a levantar o sobrolho, pensando que provavelmente o autor benfiquista mudou os números, tenha calma! Relembramos que para o Elo rating e para os nossos cálculos, a performance dos últimos anos na Liga dos campeões tem um peso determinante, e nos últimos anos o Benfica tem estado bastante mais forte do que os Red Devils – será que isso vai importar na hora da verdade?

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)