Rádio Observador

Hyundai

Kauai eléctrico vai ter dois níveis de potência

Lançado no mercado com motores de combustão, o novo Hyundai Kauai tem também prevista uma versão eléctrica. Que, sabe-se agora, será proposta com dois níveis de potência e autonomia máxima de 338 km.

Autor
  • Francisco António

Nova proposta do construtor sul-coreano para o cada vez mais competitivo segmento B-SUV, cuja chegada ao mercado nacional está prevista ainda para este mês de Outubro, o Hyundai Kona, que em Portugal será conhecido por Kauai, está previsto ser comercializado não apenas com as mais tradicionais motorizações a gasolina e diesel, mas também numa versão eléctrica. Que, avança agora o site norte-americano Gas2, deverá chegar com dois níveis de potência, e a anunciar uma autonomia máxima a rondar os 338 km.

Segundo as mesmas fontes, as expectativas da Hyundai são de que o Kauai possa vir a seguir os passos do Kia Niro. Modelo que, recorde-se, tem funcionado como uma espécie de percursor da iniciativa eléctrica, para as marcas do Grupo Hyundai-Kia. E que, depois de ter sido lançado com motor de combustão, viu ser-lhe aumentada a oferta com a disponibilização de uma versão híbrida, a que se seguiu, mais recentemente, uma variante híbrida plug-in, ou seja de carregamento em tomada. Sendo que, já para 2018, está prevista uma versão do Niro exclusivamente eléctrica.

Quanto ao Kauai e à sua versão eléctrica, informações iniciais apontavam para a possibilidade do pequeno SUV poder vir a contar com um pack de baterias de 40 ou 50 kWh. Informação que é agora actualizada, com a notícia de que o modelo poderá ser proposto não apenas com a solução avançada inicialmente, mas também com uma outra, mais potente, de 64 kWh.

Ainda de acordo com as mesmas fontes, este conjunto de baterias permitirá ao SUV sul-coreano anunciar uma autonomia a rondar os 338 km, ou seja, valor semelhante ao do Leaf e perto do anunciado pela versão de entrada do Tesla Model 3.

Sobre as características do sistema de propulsão escolhido pela Hyundai para o Kauai, o Gas2 avança que o modelo deverá montar o mesmo motor do Chevrolet Bolt, que no carro americano anuncia cerca de 204 cv, e um conjunto de baterias fornecido pela mesma empresa, a LG Chem. Com a diferença entre os dois modelos a surgir apenas na capacidade das baterias, que deverá ser maior no SUV sul-coreano (64 kWh), embora o automóvel americano anuncie maior autonomia – cerca de 383 km.

Segundo o mesmo site, o Hyundai Kauai eléctrico incorporará toda a tecnologia de segurança activa e um sistema melhorado de carregamento de baterias, que lhe permite, por exemplo, abastecer em postos de 150 kW.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)