Primeiro SUV na história do fabricante de Sant’Agata Bolognese, o Lamborghini Urus é, por estes dias, um dos modelos mais aguardados pelos fãs da marca do touro enraivecido. Os quais já não terão de esperar pelo dia 4 de Dezembro, data oficial da apresentação, para conhecer, ainda que de forma não oficial, o interior deste “super-SUV”. Também aqui, com muitas semelhanças com os modelos de topo da alemã Audi. Marca que, aliás, já “cedia” a base rolante do seu Q7…

Sucessor espiritual do inqualificável (no bom sentido) LM002, o Urus opta, no seu interior, pelas mesmas soluções tecnológicas, por exemplo, dos Audi A8 e A7 Sportback. Fruto não apenas de um painel de instrumentos totalmente digital e muito semelhante ao Audi Virtual Cockpit aplicado nos modelos da marca dos quatro anéis, mas, principalmente, de uma generosa consola central que se estende pelo túnel de transmissão e que é dominada por dois enormes ecrãs tácteis, idênticos aos da Audi. E até mesmo as saídas de ar, num formato hexagonal, acabam por lembrar os produtos do fabricante de Ingolstadt!

Já mais abaixo na consola, o destaque vai para o invulgar manípulo do sistema ANIMA, forma encontrada pela Lamborghini para designar o seu sistema de modos de condução. E que, no caso do Urus, conta com duas novidades – um modo específico para andar em areia, e um outro para a neve.

Urus. Belo, com 650 cv e quatro rodas direccionais

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nas imagens agora divulgadas, é ainda possível ver os bancos em pele com bom apoio lateral, assim como um apoio de braço central com abertura dupla, à frente do qual surgem os porta-copos e uma série de botões. Sendo igualmente possível visionar os tweeters montados nos pilares A, e a pele que reveste o topo do tablier.

Urus. SUV da Lamborghini já tem data de lançamento

Perante mais esta revelação, resta agora esperar, cerca de três semanas, para ficarmos a conhecer o que ainda falta deste Lamborghini Urus. Cujas linhas exteriores, ao que tudo indica, pouco mudarão face ao protótipo apresentado, pela primeira vez, em 2012. Ou seja, muito antes de se saber que, pelo menos na fase de lançamento, o primeiro SUV da história da marca italiana será proposto, apenas e só com um V8 4,0 litros biturbo de 650 cv. Isto a juntar a um sistema de quatro rodas direccionais, ao que tudo indica, importado do Porsche Cayenne – tal como a Lamborghini, (mais) uma marca do Grupo Volkswagen…