No total são 58 modelos que pisaram a passerelle no desfile da Victoria’s Secret de 2017, em Xangai. Mais um ano passou, e mais um ano a marca de lingerie americana ficou envolta em controvérsia. As razões? O facto de o desfile não ser suficientemente inclusivo, uma vez que as modelos têm físicos quase impossíveis de alcançar e não há nenhuma mulher a desfilar que tenha curvas mais acentuadas ou um peso mais dito normal.

Por isso, a modelo XL Tabria Majors decidiu posar com a lingerie da famosa marca e publicar o resultado na sua conta de Instagram, ao lado dos ‘anjos’ da Victoria’s Secret, imitando as suas poses.

A modelo escreveu “talvez este ano eu seja um Anjo da Victoria’s Secret no Halloween, já que não acontece na vida real lol. Só para prestar uma homenagem a algumas das minhas fotos e conjuntos favoritos da Victoria’s Secret e para mostrar que as mulheres com curvas também podem usar (e vender) lingerie, tal como as modelos de tamanho pequeno”.

Esta já não é a primeira vez que modelos XL fazem este apelo à marca americana: para que contemple todos os tipos de perfil.

O ano passado foi Ashley Graham, que postou uma ilustração da forma como seria em modo ‘anjo’ da Victoria’s Secret. Este ano, a modelo voltou a partilhar na rede social uma fotografia com a mesma alusão.

View this post on Instagram

Watching the angels tonight like.. ????

A post shared by A S H L E Y G R A H A M (@ashleygraham) on