Os responsáveis pela BMW na Tunísia decidiram colocar um gigantesco anúncio mesmo nas “barbas” do Ennakl Automobiles, o concessionário local da Audi. Não faria mal se o cartaz em causa se referisse exclusivamente a produtos da casa bávara, mas não. A mensagem da BMW dizia muito simplesmente: “Nunca é demasiado tarde para mudar de opinião”, no que foi entendido pelos responsáveis da Audi como um convite à migração de clientes.

Ora, a reacção foi tão imediata quanto possível, com o construtor do Grupo Volkswagen a responder com um imenso LOOOOL, a recorrer aos quatro anéis da marca, e a mensagem: “Não se muda uma marca que ganha”.

Resta agora aguardar pela resposta à resposta, que muito provavelmente não se fará esperar, para gáudio dos clientes de ambos os fabricantes que passam regularmente por aquela estrada, na esperança de ver novos desenvolvimentos na troca de galhardetes entre a Ennakl Automobiles e a Ben Jemâa Motors, representante da BMW.

Para perceber quem, entre BMW e Audi, tem mais razões para sorrir, nada melhor do que consultar o ranking das vendas tunisinas. Sucede que, em 2017, o líder foi a Isuzo, em termos gerais – comerciais, pick-up e veículos ligeiros –, com a Renault a ser quem mais vende nos automóveis, à frente da Kia, Volkswagen, Hyundai e Citroën. A BMW e a Audi não aparecem sequer no top 10, mas como a concessão da Ennakl comercializa Audi e as restantes marcas do Grupo VW, é bem provável que a BMW tenha de pensar numa outra criatividade para aquele placard.