Durão Barroso

“Injustiçado”. A reação às acusações de que Durão fez lóbi pelo Goldman Sachs

350

Depois de ter sido acusado de ter feito lóbi pelo Goldman Sachs junto de um alto responsável europeu, fonte próxima de Barroso fala em "sacanice" e aponta o dedo aos alemães.

EPA

Durão Barroso sente-se “injustiçado” com as acusações de que terá feito lóbi pelo Goldman Sachs junto de Jyrki Katainen, vice-presidente da Comissão Europeia. O ex-presidente da Comissão não deverá reagir oficialmente à polémica, mas fonte próxima do antigo primeiro-ministro garante ao Observador que tudo não passa de uma “invenção“.

Durão Barroso está obviamente chateado. Isto é uma sacanice que lhe fizeram“, conta a mesma fonte. “Ele não fez lóbi nenhum. Encontrou-se com Katainen como se encontra com vários ex-colegas da Comissão Europeia para discutir questões políticas e económicas globais, não para procurar qualquer benefício para o Goldman Sachs International”.

O vice-presidente da Comissão Europeia assumiu que se encontrou com Barroso num hotel em Bruxelas para falar sobre “assuntos de comércio e defesa”. Apesar de Durão não estar a planear falar, o banco norte-americano está a preparar um comunicado em defesa do seu presidente não-executivo.

Ainda assim, ao Observador, fonte próxima de Durão Barroso aponta o dedo: “Estas notícias têm origem nos mesmos que ficaram furiosos com o facto de ele ter ido para o Goldman Sachs, por se tratar de um banco norte-americano. António Vitorino faz lóbi pelo Santander junto de comissários europeus e nunca ninguém disse nada. Porquê? Porque é um banco europeu”, nota a mesma fonte.

Para esta fonte próxima de Barroso, os ataques “são injustos e têm motivações políticas”, com origem no establishment alemão, que nunca o perdoou por ter assumido o cargo no Goldman Sachs. Não será indiferente, por isso, que a notícia tenha sido publicada em primeiro lugar no site da alemã Der Spiegel, sugere a mesma fonte. “Curiosamente, os mesmos alemães nunca contestaram o facto de Gerhard Schröder [antigo Chanceler alemão] ter sido nomeado [em 2016] presidente da Nord Stream 2, uma subsidiária da Gazprom“.

Como explicava aqui o Observador, Durão Barroso teve um encontro com o vice-presidente da Comissão Europeia, Jyrki Katainen, na qualidade de presidente não-executivo do Goldman Sachs International, contrariando, aparentemente, o compromisso de não fazer lóbi pelo banco norte-americano assumido quando deixou o cargo de presidente da Comissão Europeia.

O encontro entre os dois foi confirmado pelo próprio vice-presidente da Comissão Europeia, numa carta envida à Corporate Europe Observatory, uma organização sem fins lucrativos cujo objetivo é expor, precisamente, os efeitos do lóbi corporativo nas decisões políticas tomadas no seio da União Europeia.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)