A agência da União Europeia (UE) responsável pela luta contra a criminalidade, Europol, vai ser presidida pela primeira vez por uma mulher, anunciou esta quinta-feira o Conselho de ministros da Administração Interna dos 28.

A belga Catherine Bolle, que dirige a polícia federal belga, vai assumir a liderança da agência, sediada em Haia, no próximo dia 1 de maio, por um mandato de quatro anos, sucedendo no cargo ao britânico Rob Wainwright.

Os ministros da Administração Interna da UE oficializaram neste dia, numa reunião, a proposta de Bolle para o cargo, que tinha sido avançada em dezembro, mas falta ainda o parecer do Parlamento Europeu para a nomeação ser definitiva.