Uma explosão num prédio em Peniche, no distrito de Leiria, causou três feridos, afirmou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

“À partida, a explosão foi provocada por uma botija de gás”, num prédio, por volta das 13h30, informou fonte do CDOS de Leiria, referindo que ainda não se sabe a gravidade dos ferimentos causados pelo incidente.

Segundo a mesma fonte, estão no local nove veículos e 24 operacionais dos Bombeiros de Peniche, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Polícia de Segurança Pública (PSP).

Um dos dois feridos graves da explosão que ocorreu este domingo em Peniche, distrito de Leiria, foi transportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, afirmou à agência Lusa o segundo comandante dos Bombeiros locais.

Segundo Alexandre Barradas, o outro ferido grave – uma mulher de 46 anos – foi transportada para o Hospital das Caldas da Rainha.

De acordo com o segundo comandante dos Bombeiros de Peniche, os dois feridos apresentam “queimaduras graves ao nível da face”.

Para além dos dois feridos graves, registaram-se ainda ferimentos ligeiros numa mulher de 76 anos, que já foi transportada para o Hospital de Peniche, informou.

Alexandre Barradas disse à agência Lusa que a explosão ocorreu no rés do chão de um prédio de dois andares, após “a acumulação de gás no interior da casa, na cozinha”.