“Passados 35 anos, achámos que poderia ser divertido juntar esforços outra vez e entrar de novo no estúdio. Foi o que fizemos.” A mensagem dos Abba, publicada esta sexta-feira no Instagram, anunciava assim a nova reunião da famosa banda sueca e a criação de duas novas músicas, uma das quais — I still have faith in you’ — será interpretada pelos quatro, em dezembro, num especial televisivo produzido pela NBC e pela BBC.

“Podemos ter mais idade, mas a música é nova. E sabe bem”, remata a mensagem assinada por Agnetha, Benny, Bjorn e Anni-Frid.

View this post on Instagram

❤️ #abbaofficial #abba

A post shared by ABBA (@abba) on

A banda sueca explicou que o novo material foi uma “consequência inesperada” da recente decisão de se reunirem numa tourné de “realidade virtual”, conforme explicaram à imprensa sueca.

Formada em 1972, na Suécia, pelos compositores Bjorn Ulvaeus e Benny Andersson e pelas cantoras da Hep Stars, uma dupla constituída por Agnetha Faltskog e Anni-Frid Lyngstad., a banda popularizou-se muito rapidamente. Depois de ganharem o festival da Eurovisão com a canção “Waterloo”, apenas dois anos após a sua formação, os Abba venderam cerca de 400 milhões de álbuns em todo o mundo.

Durante o período de maior sucesso, os Abba sobreviveram a casamentos e separações dos casais BjorneAgnetha, Anni-FrideBenny, mas a separação acabaria por chegar em 1983 depois das últimas gravações no ano anterior que resultaram em mais dois êxitos: “UnderAttack” e “TheDayBeforeYouCame”.

Os autores de sucessos como “Dancing queen”, “The winner takes it all” ou “Chiquitita” veriam ainda um dos grandes êxitos dar o mote ao musical “Mamma Mia!”, inspirado em muitos dos seus grandes êxitos e produzido por Ulvaeus e Andersson, que já foi visto por mais de 50 milhões de pessoas.

Os Abba têm resistido nos últimos anos aos muitos apelos para se juntarem de novo, tendo mesmo recebido uma proposta de quase mil milhões de euros para uma tournée em 2000. A resistência foi agora quebrada, faltando apenas saber quanto tempo irá durar esta reunião e quantos músicas novas irá gerar.