Rádio Observador

Passadeira Vermelha

Cannes só quer saltos altos? Kristen Stewart tirou os dela

844

A atriz descalçou-se em plena passadeira vermelha em protesto contra o dress code de Cannes. O festival não obriga a usar saltos altos, mas desde a polémica de 2015, que as críticas não pararam.

Descalça, Kristen Stewart caminhou sobre a "red carpet" do Festival de Cannes

AFP/Getty Images

A atriz norte-americana Kristen Stewart descalçou-se enquanto percorria a passadeira vermelha do Festival de Cannes, esta segunda-feira à noite. Bolhas? Calos? Joanetes apertados? Nada disso. Kristen livrou-se dos seus Louboutin em protesto contra o apertado dress code do festival. Descalçou-se e caminhou para a estreia de BlacKkKlansman, do realizador Spike Lee, com os pés bem assentes no chão. O trajeto incluiu a famosa escadaria do auditório.

Nem a chuva demoveu a atriz Kristen Stewart de subir descalça a escadaria de Cannes, nesta segunda-feira à noite © Andreas Rentz/Getty Images

Há um ano, no mesmo festival, a atriz já tinha prestado declarações sobre como o protocolo de Cannes lhe parecia desadequado. “Se não pedem a um rapaz que use saltos e um vestido, também não me podem pedir”, afirmou Stewart ao The Hollywood Reporter. Na altura, surpreendeu tudo e todos ao usar ténis na red carpet. Desta vez, foi mais longe e descalçou-se em plena passadeira vermelha, com todas as objetivas apontadas para si. Em nenhum dos momentos, a atriz foi advertida para o facto de não estar a usar saltos altos.

Mas será que Cannes é assim tão rígido no que toca aos sapatos das convidadas? A regra não está escrita em nenhum código de conduta, pelo menos nenhum consultável, mas o episódio de 2015 deixou bem claro qual a posição do festival em relação ao tema. Nesse ano, um grupo de mulheres na casa dos 50 anos foi alegadamente impedido de entrar na estreia de Carol, filme protagonizado por Cate Blanchett. A decisão gerou polémica nas redes sociais, mas também entre figuras da indústria. Entre elas, a atriz Emily Blunt. “Toda a gente devia ir de rasos, para ser honesta. Não devíamos usar saltos altos”, afirmou a atriz, em 2015. Na altura, a organização do festival não comentou o incidente, embora as convidadas barradas tenham confirmado: “Era obrigatório para todas as mulheres usar saltos altos nas apresentações com passadeira vermelha”, segundo escreveu a edição da britânica Harper’s Bazaar.

O certo é que o ato desafiante de Kristen Stewart está longe de ser inédito. Em 2016, um ano depois da grande polémica, Julia Roberts subiu a mesma escadaria descalça. Desde então que o calçado raso tem espreitado todas as edições. No ano passado, também a veterana Vanessa Redgrave foi de ténis.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mgoncalves@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)