Donald Trump

Donald Trump diz que processo legal contra a sua Fundação “é ridículo”

A Procuradoria-Geral do Estado norte-americano de Nova Iorque acusou Donald Trump de desvio de fundos da sua fundação para fins pessoais, lançando uma ação para a sua dissolução.

HOW HWEE YOUNG/EPA

A Procuradoria-Geral do estado norte-americano de Nova Iorque acusou esta quinta-feira Donald Trump de desvio de fundos da sua fundação para fins pessoais, entre várias outras ilegalidades, e lançou uma ação judicial para obter a dissolução da instituição.

“Como demonstra o inquérito, a Fundação Trump já não era mais que um livro de cheques para pagar as despesas de Trump e das suas empresas através de organizações sem fins lucrativos”, afirmou a procuradora-geral, Barbara Underwood, em comunicado.

Underwood precisou que a fundação se envolveu numa “profunda cooperação política ilegal” na campanha para as presidenciais de 2016, com “auto-negócios repetidos e deliberados” para beneficiar os seus interesses pessoais e empresariais, violando “obrigações legais de base” da organização sem fins lucrativos.

A Procuradoria vai processar o Presidente, os seus dois filhos Eric e Donald e a Fundação “por violações persistentes e prolongadas das leis estaduais e federais”.

Processo legal “é ridículo”

O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou que o processo judicial lançado contra a Fundação Trump pelas autoridades de Nova Iorque “é ridículo”. “Os sórdidos Democratas de Nova Iorque […] fazem tudo o que podem para me processar por uma fundação que […] deu a organizações de solidariedade mais do que recebeu”, escreveu Trump no Twitter. “Não vou fazer um acordo neste processo”, acrescentou.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Imigração

A política da miragem /premium

Helena Matos

Nos anos 70 trauteavam “A África é dos africanos." Agora se pudessem despovoavam essa mesma África para através da imigração alimentarem o activismo do ressentimento.

Imigração

Os “anti-fascistas” histéricos /premium

João Marques de Almeida

Sendo a imigração o maior problema da Europa, desafio os “anti-fascistas” de pacotilha a olhar para as políticas anti-imigração de Macron antes de chamarem fascistas a Salvini e ao chanceler austríaco

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)