“Tudo bem, Manu?” Foi assim que um adolescente francês se dirigiu esta segunda-feira ao presidente Emmanuel Macron durante uma cerimónia de homenagem aos veteranos de guerra, em Paris. O presidente não gostou, voltou atrás e repreendeu-o pela linguagem informal: “Deves chamar-me senhor presidente ou senhor, está bem?”, disse Macron.

“Estás aqui, numa cerimónia oficial, por isso comportas-te corretamente. Podes armar-te em parvo, mas hoje é a Marselhesa [hino francês] e o Hino da Resistência”, continuou o presidente francês. A criança ouvia com atenção o que lhe estava a ser dito. “No dia em que fizeres uma revolução, obténs primeiro um diploma e aprendes a sustentar-te. Só depois darás lições aos outros”, concluiu Macron.

https://www.youtube.com/watch?v=d7FzjnW7l2g

No seu twitter, Emmanuel Macron falou sobre o sucedido e afirmou que “o respeito é o mínimo na República, especialmente no dia 18 de junho, na presença dos companheiros da libertação”.