Os interrogatórios dos 58 elementos detidos do grupo de motociclistas Hells Angels vão ser repartidos pela tarde de sexta-feira, sábado e domingo, disse à Lusa fonte do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa.

Os interrogatórios desta sexta-feira começaram cerca das 16h. A juíza Maria Antónia Andrade decidiu dividir em grupos de cerca de 20 os arguidos detidos que vão ser ouvidos durante os três dias, após a identificação dos 58 elementos, que terminou pelas 7h.

Segundo fonte da defesa, poucos são os arguidos que vão prestar declarações sobre os factos de que estão indiciados, nomeadamente associação criminosa, tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física e tráfico de droga. Um dos advogados presentes nas diligências disse aos jornalistas que o processo é composto por mais de quatro mil páginas. Um 59.º elemento encontra-se detido na Alemanha.

A investigação do caso dos Hells Angels foi elaborada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal e pela Unidade Nacional Contra-terrorismo da Polícia Judiciária e os mandados de busca e de detenção foram executados na quarta-feira.